Entre as cidades de Corupá e São Bento do Sul, em meio as montanhas que ligam os dois municípios, uma reserva natural particular é o centro das atenções. O Parque Ecológico do Braço Esquerdo é um destino procurado por muitos turistas do Brasil e do mundo inteiro por oferecer trilhas com diversos níveis de dificuldade, escalada para iniciantes bem como para profissionais, cachoeiras, paisagens naturais preservadas e exuberantes que servem de apreciação para as pessoas que desejam um contato mais direto à fauna e flora.

Atrações para todos

O local concentra uma variedade de opções para todos os públicos, apreciadores de beleza natural, esportistas iniciantes e profissionais.

Cachoeira do Braço Esquerdo: você irá encontrar nos limites do parque a famosa cachoeira com uma queda de 120 metros de altura, ela é uma das atrações principais. Para quem deseja se aventurar pelo paredão da queda, é possível a prática de rapel, que será acompanhada e instruída por um profissional da área.

Escalada: atração mundialmente famosa, o parque concentra a via de escalada mais difícil do Brasil, o que atraí para o parque, turistas do mundo inteiro. A maioria dos visitantes profissionais do local são escaladores em busca de aventura. Mas, se você for iniciante no esporte, não há problema, o parque oferece uma escalada para iniciantes, com um profissional da área e todos os equipamentos necessários. Algumas vezes por ano, o parque também oferece um curso completo com um profissional de escalada esportiva.

Foto divulgação

Trilhas guiadas: também fazem parte dos atrativos, você irá encontrar diversas trilhas com diferentes dificuldades, há duas que podem ser guiadas: Trilha do Vale Perdido e Trilha do Mirante Ernesto. Em ambas um guia acompanha todo o trajeto.

Caverna da Fuga: outro passeio exuberante e cheio de aventura. A caverna conta com uma extensão de mais de 60 metros. O trajeto possui pontos com água que vão até a cintura e que no fim desembocam em uma linda cachoeira que desce por uma fenda até o interior da caverna. Uma experiência única e mágica.

Estima-se que 10 mil pessoas visitem a área por ano, com maior contração no período do verão.

Segurança dos visitantes

A segurança dos turistas que circulam pelo local também é fator de importância. Tendo em vista que, o parque oferece trilhas de dificuldades avançadas, onde se encontram pedras escorregadias, escalada e cachoeiras. Por isso, o parque orienta e conscientiza todos os visitantes sobre os protocolos de segurança.

É indicado que todos tenham sapatos fechados para a prática de esportes já que a mata abriga animais peçonhentos. O parque também faz a sinalização de todas as trilhas com placas, indicando a dificuldade de cada uma, além de estar constantemente fazendo a manutenção do acesso e trajeto das trilhas.

Fique atento as restrições que visam proteger o local: é proibido som alto e fazer fogueiras dentro dos limites do parque.

Infraestrutura

Por conta do grande número de visitas, a infraestrutura do ambiente é bem assertiva. Você poderá contar com uma área de camping coberta, caso queira passar a noite por lá, lanchonete que oferece produtos produzidos naturalmente dentro do parque, banheiros com chuveiros quentes e estacionamento.

Preservação

O Parque que é particular, atua ao máximo na preservação do ambiente para minimizar o impacto na natureza, visando proteger os animais presentes lá, bem como, garantir a segurança dos turista. Devido a isso, há restrições de circulação de pessoas nas áreas onde há concentração de fauna.

Foto divulgação

Imerso em uma grande porção de Mata Atlântica, o local também desenvolve a floresta de forma sustentável, plantando constantemente mudas nativas e incentivando pesquisas cientificas por especialistas.

Foto: Isabel Debatin

A área conta com profissionais que atuam no dia a dia no plantio e manejo do espaço. A presença de uma empresa privada, a Açaí Juçara da Montanha, atua coletando frutos e auxiliando na disseminação da espécie de palmeiras, após a despolpa dos frutos a empresa faz o plantio de novas palmeiras. Esta espécie de árvore é especial, pois oferece alimento aos pássaros presentes no parque.

As cidades que circundam a região

O impacto turístico do setor é bastante amplo. Os turistas, principalmente os escaladores de fora do Estado costumam passar algum tempo conhecendo também as cidades da região. A prefeitura de Corupá doou várias mudas nativas para plantio no parque recentemente, também costumam cuidar do trajeto que leva até o parque facilitando o acesso dos visitantes.

Foto: Isabel Debatin

O parque se orgulha em ser referência para os turistas que buscam um destino novo e cheio de atrações com aventura. Os planos para o futuro são de expansão da infraestrutura e comodidade para conforto e segurança de todos os visitantes.

Onde encontrar

O Parque Ecológico Braço Esquerdo fica localizado na rua Ano Bom, na cidade de Corupá em Santa Catarina. Para mais informações entre em contato pelo telefone: (47) 99927-8075 ou pelo e-mail: bracoesquerdoecoparque@gmail.com. Acesse as redes sociais e fique por dentro de todas as novidades: Instagram (@parquebracoesquerdo) e Facebook (@ParqueNaturalBracoEsquerdo).

Horário de funcionamento

Segunda, Quarta, Quinta e Sexta Feira das 8h às 17h;

Sábado e Domingo e Feriados das 8h às 18h;

Terça feiras - Fechado