A escola tem um papel de suma importância na educação alimentar e nutricional dos estudantes e na criação e manutenção de hábitos alimentares saudáveis. Neste ponto, Jaraguá do Sul também é destaque, o cardápio da merenda escolar do município é elaborado por nutricionistas extremamante capacitados com alto nível de conhecimento técnico em nutrição escolar.

O Programa Nacional de Alimentação Escolar oferece alimentação escolar e ações de educação alimentar e nutricional a estudantes de todas as etapas da educação básica pública. São atendidos pelo programa os alunos de toda a educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e em entidades comunitárias (conveniadas com o poder público).

Cardápio saudável é destaque!

Em Jaraguá do Sul o cardápio planejado leva em consideração os hábitos alimentares da região e a agricultura local, obedecendo a uma série de exigências relacionadas ao teor de nutrientes que estão sendo ofertados aos alunos, como por exemplo carboidratos, fibras, gorduras, proteínas, vitaminas e sais minerais na proporção certa para uma alimentação rica e balanceada.

Outro ponto muito debatido nos últimos tempos são os cardápios adaptados para atender os estudantes com algum distúrbio ou alergia alimentar. O cardápio das escolas jaraguaenses leva em consideração estes fatores para atender os alunos exclusivamente com uma dieta correta.

Foto divulgação | Prefeitura de Jaraguá do Sul

Segundo a secretária de educação, os cuidados iniciam com a especificação minuciosa dos gêneros alimentícios para os processos de compra, de forma a garantir alimentos seguros e saudáveis. Há um constante monitoramento dos produtos entregues pelos fornecedores por toda a equipe envolvida (agentes de alimentação, diretores, conselheiros de alimentação escolar e nutricionistas) a fim de manter o padrão de qualidade exigido.

Visitas periódicas e treinamento com agentes de alimentação

Seguindo um cronograma os nutricionistas fazem visitas periódicas às escolas, realizando treinamento e orientando adeaquadamente os diretores e pais dos alunos. O diálogo com os alunos é feito de forma dinâmica e divertida através de teatro com fantoches e conversas sobre o cardápio que está sendo oferecido. Testes de aceitabilidade também são feitos para garantir que a criança está gostando da merenda.

A secretária de educação reforça que são protocolos rígidos que garantem a excelência da nutrição escolar em Jaraguá do Sul. “Servimos uma comida que enche os olhos e, principalmente, é benéfica. Temos uma equipe extremamente preparada para oferecer o melhor aos nossos alunos”, salienta.

São ofertados diariamente aos alunos:

  • Vegetais;
  • Frutas;
  • Alimentos integrais.

*O consumo de doces é limitado a duas vezes por semana, observando-se as quantidades de gorduras e açúcares para a manutenção de hábitos alimentares saudáveis.

Cuidados com a Covid-19

Por conta da pandemia, os cuidados com a alimentação escolar foram redobrados! As porções individuais e as agentes de alimentação estão instruídas quanto às normas de segurança que devem seguir, para garantir a segurança de todos os alunos e a qualidade dos alimentos.

Jaraguá do Sul conta com 61 unidades e mais 21 mil alunos beneficiados com a merenda escolar.

Cultivo de hortas

Além das merendas, outras iniciativas chamam atenção na cidade. O cultivo de hortas nas escolas. Os alunos da Escola Francisco Solamon têm produtos fresquinhos da horta na hora da merenda. A iniciativa partiu do diretor da escola, Maurício Berti.

Berti assumiu a diretoria da Fracisco Solamon no início deste ano e já trouxe incentivo as hortas. Em parceria com a equipe de administração e com o zelador Jair Luiz Mendonça (foto), Berti conseguiu o apoio de que precisava para reativar os canteiros da escola que estavam abandonados e com mato e voltou a plantar hortaliças. O zelador Jair cuidava da horta, inclusive nos finais de semana.

Zelador Jair Luiz Mendonça cuidou da horta com muito carinho.

Após 60 dias de cultivo com muito amor e zelo mais de cem pés de alfaces foram colhidos.

“Ainda sobraram muitos alfaces e os distribuímos entre os alunos, para levarem para a casa. Eles valorizaram ainda mais esse alimento, sabendo que tinha sido cultivado na horta da escola e sem agrotóxico”, comenta o diretor Berti.

Dicas do seu Jair para colher um belo alface da horta
1. Preparar bem a terra com esterco de galinha e serragem
2. Regar sempre e nunca de manhã, só à tarde. Para evitar que a folha queime com o sol do meio-dia.
3. Limpar os matos e folhas mortas.
4. Depois de uns 60 a 80 dias você vai colher um alface delicioso.

Siga as dicas do Jair e tenha uma horta em casa.