A paisagem sonora que se expande através da Rota da Natureza e fé tem um ponto muito característico: os trens. As linhas ferroviárias que cortam a região são parte essencial da história da localidade e foram fortes propulsoras para o desenvolvimento de todos os municípios onde as locomotivas pararam durante a história.

Em Jaraguá do Sul, Corupá e São Bento do Sul, a ferrovia foi concluída em 1907 e a partir dai se tornou possível que os moradores da região viajassem, com muita elegância, a cidades grandes como Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

Conheça um pouco sobre a ferrovia nos três municípios da rota onde ela está presente:

Jaraguá do Sul

A primeira locomotiva passou pela cidade no dia 23 de junho de 2007 e se chamava “Lauro Müller”. Ela foi um teste para garantir que a ponte de madeira construída seria capaz de suportar o peso dos vagões. Tudo correu bem e em julho a ferrovia foi inaugurada.

Duas estações de trem funcionaram na cidade por 80 anos e seus prédios ainda podem ser visitados. Na primeira estação, está a Biblioteca Ruy Barbosa que têm um grande acervo de livros. Na biblioteca, vidros revelam a passagem do trem aos visitantes todos os dias.

Na segunda estação, há um show de arquitetura com placas metálicas datadas da época da construção enfeitando a fachada. Dentro do prédio funciona o museu do expedicionário que possui itens referentes à Segunda Guerra Mundial.

Corupá

Com a chegada da ferrovia ao distrito de Hansa (atual Corupá), em 1910, os moradores tinham esperança de grande progresso. No primeiro trem, vieram vários materiais para a construção do restante da ferrovia que iria subir serra acima e também para duas pontes pela qual os trens passam até os dias atuais.

Um fato curioso da história é que a construção da ferrovia rumo a serra ficou paralisada por algum tempo e só foi continuada com a ajuda de um curioso alemão encontrado no distrito de Hansa.

Georg Hermann, encontrou o homem, chamado Reicher, alcoolizado e em estado deplorável. Hermann ficou intrigado e testou o estranho alemão solicitando um cálculo da força d’água. Para a surpresa de Hermann o homem fez o cálculo perfeitamente.

Com tamanha inteligência, Reicher entrou para a equipe de construção da ferrovia e o mesmo conseguiu, além de retomar a construção, planejar os túneis e serpentinas que se encontram na ferrovia subindo a serra até São Bento do Sul.

São Bento do Sul

Nesta cidade, foram construídas, entre 1911 e 1912 duas estações ferroviárias: Rio Vermelho e Sera Alta. Ambas foram concluídas no dia 1° de abril de 1913, e neste dia, foi inaugurado o trafego entre elas e a cidade vizinha Hansa (Corupá).

Hoje, na estação de Serra Alta está o Múseu da Música. No ambiente os visitantes encontram instrumentos musicais antigos, vitrolas e diversos outros ítens relacionados a música. O museu é uma das paradas do passeio de Maria Fumaça que sai de Rio Negrinho e vai até Corupá.

Contribuíram na produção desta matéria:

  • Acervo histórico de Jaraguá do Sul;
  • Acervo Histórico de São Bento do Sul;
  • Biblioteca Rui Barbosa (Jaraguá do Sul);
  • Biblioteca Municipal Luis Vasconcelos (São Bento do Sul).