Durante a Semana Cívica, os alunos do Ensino Infantil, Fundamental I e II do Colégio Conexão participaram do primeiro momento cívico do 2º semestre. Este momento se repetirá todos os meses, com o objetivo de refletir sobre a cidadania, o amor ao próximo e a nossa pátria. Estes momentos são de suma importância para que todos os estudantes possam refletir a importância da data e também cantar o Hino Nacional na escola. Ações como essa contribuem para a formação de cidadãos críticos, aptos a viverem em sociedade.

Para o professor e Coordenador do Colégio, Bruno Younes, “Lembrar não significa acessar determinados fatos, mas transformá-los, recriá-los sempre a partir do presente. Por isso, lembrar dessas datas históricas reforçam os laços com a construção da nossa identidade nacional”.

Criado no governo de Getúlio Vargas, em 1936, o costume de se executar o hino nacional nas escolas (públicas ou privadas) tinha como objetivo maior fazer com que os estudantes aprendessem a cantar o hino, além de servir como demonstração de amor à pátria. Depois da redemocratização do país, em 1985, esse costume entrou em desuso e as escolas deixaram o hábito.

De acordo com a lei 5700, sobre os símbolos nacionais, as escolas têm papel fundamental na valorização da história do Brasil. No calendário cívico do Colégio Conexão estão o dia da Inconfidência Mineira, do Descobrimento do Brasil, o Dia do Trabalhador, da Lei Áurea, da Independência do Brasil e da Proclamação da República (15 de novembro). Além do Hino Nacional Brasileiro, tocaremos também o Hino correspondente ao evento histórico. Sendo: Hino da Independência, Hino da Proclamação da República e Hino à Bandeira, respectivamente.

Essa é a importância de estimular momentos cívicos desde a infância. "Não se trata de impor a nacionalização, mas promover uma conscientização mínima para que haja identificação entre o indivíduo e sua terra natal, para que, caso ele queria, possa demonstrar interesse e lutar para que ela seja cada vez mais um lugar melhor para todos viverem", complementa Younes.

Durante o momento cívico, os professores conscientizam os alunos sobre a postura diante do Hino Nacional e a importância de respeitá-lo como um símbolo da pátria e a valorização do país.
Entende-se que esta é uma forma de resgatar os valores cívicos e fazer com que os alunos se tornem cidadãos conscientes do seu papel na sociedade. O civismo é uma atitude que se aprende, comportamento que se desenvolve e é parte do ato de educar.

Durante a Semana Cívica, o Curso e Colégio realizará muitas atividades em torno da data festiva, já que este ano, o Brasil completa o Bicentenário da Independência. Para o dia 7 de setembro, os estudantes da turma do 5º Ano farão um teatro que representa esta data tão emblemática. Já os alunos dos 3º e 4º anos irão declamar uma poesia sobre a importância do que é ser brasileiro atualmente.

Mais do que apenas entender o contexto dessa data comemorativa, o 7 de setembro deve ser lembrado como um dia para nunca ser esquecido. O dia da Independência foi um ponto de partida para algo muito maior, para uma democracia que necessita ser cada vez mais justa e cada vez mais respeitada, para uma liberdade não só de um povo, mas uma liberdade de expressão e de pensamento. Precisamos passar bons ensinamentos à diante, contar nossa própria história, reforçar a nossa cultura e fazer da nossa nação uma nação consciente e inspiradora.

O Curso e Colégio Conexão valoriza o patriotismo, o nacionalismo e acima de tudo, o protagonismo de nossos alunos.