Para marcar o Dia da Invisibilidade Lésbica, no dia 29 de agosto, a União Nacional LGBT de Jaraguá do Sul programou um evento especial  para esta quarta-feira (14), às 19h, no Sesc. Toda a comunidade está convidada para discutir sobre o tema em uma roda de conversa, que abrange as dificuldades e resistências do dia a dia.
No evento os participantes vão assistir ao documentário Vestidas de Noiva, que fala sobre casamento homoafetivo e conta a historia de duas mulheres que estão preparando o casamento, e a falta do apoio e aceitação familiar. Em seguida, será aberta uma roda de conversa para falar sobre o assunto.
Para guiar o debate, o evento vai contar com a presença da presidente da UNA LGBT Caroline Chaves e a diretora Larissa Ludero. Elas convidam todos e todas - independente da sexualidade - para participarem da conversa aberta.
Segundo a presidente Caroline, a roda de conversa é importante porque é necessário discutir, informar e conscientizar as pessoas. "A partir do momento que eu não discuto e não informo para que a população LGBT seja tirado do cenário de 'aberração' e pecado que a ciência, igreja e o conservadorismo impõem, a gente não vai conseguir mudar a cultura heteronormativa", explica.
Ela ainda explica que é são pequenas atitudes que invisibilizam as lésbicas diariamente e, é necessário lutar pela mudança cultural, principalmente quando essas atitudes se tornam agressões físicas, como no caso do estupro corretivo. "E para conseguir dar visibilidade e desconstruir o preconceito é preciso falar sobre o assunto", finaliza Caroline.
Saiba mais sobre a roda de conversa na página do evento no Facebook.