Marcelo D2 fala dos planos do Planet Hemp para o futuro | Foto OCP News

Marcelo D2 fala dos planos do Planet Hemp para o futuro | Foto OCP News

O último sábado (7) foi marcante para os fãs do rap e do rock nacional com a apresentação de duas bandas de peso em Florianópolis: Planet Hemp e Raimundos.

Além dos dois grupos, a banda Molengols Groove fez a abertura do show com um tributo ao Charlie Brown Jr., relembrando músicas que influenciaram uma geração.

Leia mais: Vídeo: Artista incorpora "Um Banda" e contagia ruas de Florianópolis

Casa lotada, público animado e canções na ponta da língua. A festa foi embalada por muita arte, flash tattoo, pista de skate e Food Trucks, além dos clássicos das bandas.

Um papo com o Planet Hemp

Por Acaso: 2018 está sendo um ano marcante para a Banda, afinal, 25 anos de carreira não é para qualquer um! Como está sendo comemorar esse marco?

D2 (vocalista): Quando a gente voltou com a banda, resolvemos que o Planet Hemp seria um lugar para se divertir, para extravasar um pouco o que começamos a fazer, tudo aquilo que acreditamos e das coisas que a gente fala, com as letras antigas que são tão atuais.

 

Tem sido um bom ano, temos feito bastante show e voltamos com tudo. E é engraçado porque não temos música nova e ficamos muito tempo parado, então acho que isso trouxe um sangue novo pra gente.

PA: O Planet Hemp está dividindo palco hoje com os Raimundos, que estão completando 30 anos, além da abertura da noite com um tributo ao Charlie Brown Jr, qual é o sentimento dessa noite que relembra os anos 90?

D2: Os Raimundos são parceiros pra caramba, são irmãos contemporâneos e fazer show com esses caras é um momento único, era um sonho de moleque, é uma honra dividir palco com eles.

 

A gente gosta muito de vir pra cá, se apresentar nesse palco onde já fizemos grande shows, é incrível. Hoje é uma noite dos anos 90.

PA: E finalizando, com tanta história já vivida, quais os planos para o futuro da banda? Quais projetos estão em vista?

D2: O Planet Hemp acabou sendo nosso projeto paralelo, cada um tem sua carreira, eu vou lançar disco novo agora em agosto. A banda tem seguido o flow, não temos feito muitos planos não.

 

Estamos mais afim de tocar, de fazer show, no palco é onde a gente gosta de estar, não sei se faremos disco novo, música nova.

Um papo com os Raimundos

PA: Já são 30 anos de história da banda e hoje vocês dividem o palco com o Planet Hemp, que completa 25 anos, dois grupos que marcaram o rock e rap brasileiro nos últimos anos. Que sentimento Floripa traz na apresentação de hoje?

Digão (vocalista e guitarrista): Essa é uma velha parceria, é uma noite dos anos 90 e sem igual, porque Raimundos e Planet juntos é parceria, é sinônimo de casa abaixo. Vai ser uma noite de muito rock'n'roll e muita fumaça (risos).

Entrevista com os Raimundos | Foto OCP News

PA: Fazendo sucesso há tantos anos com músicas que se tornaram clássicos, como a banda enxerga a visibilidade do rock atual? Com tantos outros estilos dominando o mercado.

Canisso (baixista): Então, a gente não tem ambições de disputar o mercado com ninguém, temos noção que o Streaming foi dominado mesmo, não tem o que fazer.

 

A maior esperança é investir em qualidade e na nossa experiência, em manter o barco na corrente mas sem grandes pretensões, é só sobrevivência, porque disputar de igual pra igual não está fácil. Vamos no nosso ritmo, devagar e sempre.

O último projeto foi um acústico com várias participações especiais. Quais os próximos planos que nós fãs podemos aguardar da banda?

Canisso: Poderia até te contar, mas aí eu vou te que te matar (risos). Tem tem, muita coisa louca vindo por aí.

 

Digão: Sim, mas esse ano é um ano que já ta perdido, com a Copa e Eleições, não vale a pena. Você vai querer lançar um negócio e vai se perde no meio dessa loucura toda. Então ano que vem tem novidade, agora a gente só não sabe o formato ainda, como vai ser feito e o quê a gente vai fazer, porque a coisa muda tão rápido. Mas com certeza vai ser algo inédito, elétrico, poderoso, porrada e hardcore.

 

Canisso: A gente se puxa na qualidade, porque somos muito perfeccionista. Então vamos fazer algo que primeiro agrade a banda, nunca soltamos nada sem passar pelo crivo do grupo.

Veja agora fotos do evento que reuniu o Planet Hemp e os Raimundos:

Quer receber as notícias no WhatsApp?