Nesta semana, autoridades alemãs anunciaram o cancelamento da Oktoberfest de Munique, considerado o maior evento cervejeiro do mundo. Por conta da medida de prevenção ao coronavírus, inúmeros questionamentos surgiram sobre a realização da Oktoberfest de Blumenau, a maior da América Latina, prevista inicialmente para começar em 7 de outubro.

De acordo com a Prefeitura de Blumenau, neste momento não há nenhuma indicação técnica para cancelar a tradicional festa da cidade. Nesta quarta-feira (22), o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) afirmou que o Município está acompanhando de perto o andamento da pandemia da Covid-19. "Se houver qualquer dúvida ou necessidade de cancelamento baseado em critérios técnicos e médicos, nós faremos".

Para ele, a decisão sobre a manutenção ou suspensão do evento deve ser tomada com responsabilidade. "A Oktoberfest é, sem dúvida, uma das principais fontes de divulgação da nossa cidade, de geração de emprego e renda, e uma grande oportunidade que Blumenau tem para mostrar a sua cultura, tradição e gastronomia, agregando recursos a muitas famílias. No momento certo, traremos informações em relação a esse tema".

 

 

Apesar da indefinição, Hildebrandt determinou que a organização da Oktoberfest avalie os contratos com as bandas internacionais para que fossem cancelados ou suspensos. Se o evento acontecer, segundo o prefeito, será dada preferência para grupos musicais de Santa Catarina e de outras regiões do país.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul