Foto Divulgação/Prefeitura de Blumenau
Foto Divulgação/Prefeitura de Blumenau

Uma antiga proposta voltou à pauta de discussão para fortalecer ainda mais o turismo em Blumenau: a construção de um teleférico entre o Morro do Aipim e a Prainha, na região central da cidade. O assunto foi debatido nesta quinta-feira (15), durante reunião para a assinatura do contrato de concessão do Frohsinn.

Na ocasião, os proprietários do Restaurante Indaiá, de Itapema, que ganharam a licitação e ficarão responsáveis por administrar o espaço, e o empresário Cícero Fiedler, um dos idealizadores da roda gigante que está sendo implantada em Balneário Camboriú, apresentaram um pré-projeto do teleférico ao prefeito Mário Hildebrandt (Podemos).

A ideia é oficializar uma proposta de Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) ao município, processo no qual um ente privado apresenta voluntariamente projetos e estudos para ajudar o governo a elaborar uma licitação.

Concessão do Frohsinn

O Restaurante Indaiá será responsável por reabrir o Frohsinn, considerado um dos locais mais emblemáticos de Blumenau. A empresa foi a única participante da licitação para exploração do espaço por um período de 25 anos.

De acordo com a proposta apresentada, o Indaiá pagará um aluguel mensal de R$ 10,2 mil para administrar a estrutura localizada no Morro do Aipim, que atualmente conta com 848 m² de área total. A concessão permite que o espaço seja ampliado para até 5,2 mil m².

Além de recolocar o restaurante em funcionamento, a concessionária poderá implantar locais para eventos, como festas e casamentos. A empresa também ficará responsável pela manutenção do mirante, permitindo o acesso gratuito ao público. O Frohsinn precisa ser reaberto até o início de setembro de 2022.

“A assinatura do contrato de concessão do Frohsinn significa sensação de dever cumprido. Fico satisfeito em saber que em breve o blumenauense poderá voltar a frequentar o espaço. Em relação ao teleférico, tenho certeza que deixará ainda mais forte o protagonismo de Blumenau no turismo”, afirma o secretário de Turismo, Marcelo Greuel.

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: