Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Balneário Camboriú, que é destino de milhões de turistas todos os anos, é movida pelo forte turismo e conhecida também por grandes empreendimentos. No fim do ano, a cidade localizada no Litoral Norte de Santa Catarina ganhará uma nova atração turística: a FG Big Wheel, que está sendo montada no Pontal Norte e será a maior roda gigante estaiada da América Latina.

As obras no terreno começaram em outubro de 2019, enquanto a montagem da estrutura, há pouco mais de um mês. A roda gigante foi toda produzida no exterior, com peças e outros itens vindos da China, Holanda e Alemanha. Equipada com 36 cabines climatizadas, a FG Big Wheel contará com 65 metros de raio e 82 metros de altura, proporcionando aos visitantes vistas panorâmicas do município e da orla.

Segundo o engenheiro da obra, Marcelo Anderle, o cronograma geral do empreendimento está 62% executado. Já a roda gigante já passou dos 50%. De acordo com ele, são mais de 50 profissionais envolvidos na construção. A montagem da estrutura deve ser finalizada em outubro. Depois, a atração vai passar por um mês de testes. A previsão é que a inauguração ocorra na primeira quinzena de dezembro.

 

"A expectativa é que com a abertura do empreendimento para a temporada, a FG Big Wheel possa contribuir para a retomada do turismo regional. Vai ser a grande novidade e as pessoas certamente vão querer ver e conhecer a roda gigante," comenta Cícero Fiedler, diretor de negócios da empresa.

 

A experiência do público na roda gigante será de 20 minutos. Similar no seu design à icônica London Eye, de Londres (Inglaterra), a FG Big Wheel vai operar em horário diferenciado, tornando-se também uma atração de lazer noturno. O valor do ingresso ainda não foi definido. "Queremos oferecer um preço mais acessível e com desconto especial para quem comprar pela internet", conta o diretor comercial da FG Big Wheel, Ricardo Fiedler.

No local, os visitantes também vão poder usufruir de áreas de convivência com praça de alimentação, lojas de souvenirs e banheiros. Este espaço ficará aberto ao público e apenas o que for consumido será cobrado.

Por ano, espera-se um movimento de até 600 mil pessoas. Além disso, o empreendimento vai movimentar a economia com a geração de empregos, que podem passar de 100 durante o verão.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul