A população da região metropolitana de Bilbao, na Espanha, já contava com um sistema reforçado de distribuição de água potável.

Agora, com ajuda de motores elétricos da WEG, o sistema inclui a água do rio Nervión-Ibaizabal, que permite tirar proveito dos recursos hídricos do rio em períodos de seca ou escassez de fornecimento do Sistema Zadorra.

A estação de bombeamento Etxebarri é o resultado de anos de planejamento e trabalho ambiental.

Este projeto só foi possível após a execução de vários outros projetos, como as estações de tratamento de águas residuais em Bilbao, a estação de tratamento de água Venta Alta e os reservatórios do sistema Zadorra.

O sistema de bombeamento está equipado com seis motores de média tensão WEG de 1100kW e 6kV, da linha W50, para aplicação em bombas, utilizados para acionar a estação de bombeamento Etxebarri para bombear água do rio Bilbao (rio Nervión e Ibaizabal, depois de se unirem) até a estação de tratamento de água de Venta Alta, onde é tratada para ser água potável e depois bombeada (de fato por gravidade) para a área metropolitana de Bilbao.

 

 

Este projeto tornou-se viável após a redução dos níveis de poluição do rio Bilbao, como resultado da instalação de várias estações de tratamento de águas residuais na cidade. Agora a água do rio principal pode ser considerada potável e servir a população da cidade.

A estação de bombeamento Etxebarri só funcionará quando o Sistema Reservatório Zadorra, que alimenta a ETA Venta Alta, tiver níveis baixos de água.

O Sistema Zadorra inclui o rio Nervión e muitos outros, mas agora com o novo sistema também pode contar com a água do rio Ibaizabal, tomada logo após Nervión se encontrar com Ibaizabal, tornando-se o rio Bilbao.

Etxebarri também tem uma usina hidrelétrica instalada nas proximidades.

Quando o Sistema Zadorra estiver em um período excedente, produzindo mais água do que Bilbao está consumindo, o mesmo tubo que envia água para o rio Venta Alta desde o Rui Bilbao agora fluirá na direção oposta, permitindo que o excesso de água não tratada do sistema Zadorra desça para Bilbao.

A água gerará eletricidade aproveitando a queda / salto hidráulico (cerca de 156 metros).

O projeto da usina hidrelétrica foi concebido assumindo uma operação de 42 dias por ano. Ele funcionará apenas entre dezembro e abril para impedir a transferência de uma espécie invasora de mexilhões chamada Charru (mexilhões zebra) para o canal mais baixo do rio Nervión.

Para a WEG, essa é outra referência relevante entre os principais projetos de obras hidráulicas.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul