Alimentador de linha de produção, professor do primário e auxiliar de escritório: estas foram as três profissões com os maiores saldos na geração de emprego de Jaraguá do Sul ao longo dos oito primeiros meses de 2019, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (25) pelo Ministério da Economia.

No período, Jaraguá do Sul contratou 18.886 trabalhadores e desligou 16.658, com saldo de 2.208 postos de trabalho de janeiro a agosto deste ano.

Contabilizadas admissões e desligamentos, Jaraguá do Sul passou a empregar, em 2019, 375 alimentadores de linha de produção a mais do que empregava no ano passado. Ao todo, foram 1.555 admissões e 1.180 desligamentos na função ao longo do ano.

 

 

A profissão também goza do maior número de admissões no ano, seguida de vendedor no comércio varejista, com 937 admissões, cargo que encerra o período com saldo negativo de 35 postos após 972 desligamentos.

Já o saldo negativo ficou na profissão de costureiro à máquina de confecção em série: com 268 admissões e 311 desligamentos no ano, o total de empregos na função caiu 43 postos no ano - outro cargo parecido, costureiro na confecção em série, registra saldo positivo de 95 postos.

O cargo foi seguido nas perdas pelos já citados vendedores, com perda de 35 cargos e por gerentes de supermercado, com redução de 28 postos.

Apesar do saldo positivo, os alimentadores de linha de produção registram o maior número de desligamentos no ano, se destacando como a única função com quatro dígitos de contratos encerrados no período.

As profissões que mais contrataram

  • Alimentador de linha de produção: 1.555 admissões
  • Vendedor no comércio Varejista: 937 admissões
  • Auxiliar de escritório, em Geral: 886 admissões
  • Costureiro na confecção em Série: 676 admissões
  • Assistente administrativo: 577 admissões

As profissões que mais dispensaram

  • Alimentador de linha de produção: 1.180 desligamentos
  • Vendedor de comércio varejista: 972 desligamentos
  • Auxiliar de escritório, em geral: 633 desligamentos
  • Costureiro na confecção em série: 581 desligamentos
  • Operador de caixa: 473 desligamentos

Saldos positivos

  • Alimentador de linha de produção: 375 postos
  • Professor de nível superior para ensino fundamental (1ª a 4ª série): 259 postos
  • Auxiliar de Escritório, em Geral: 253 postos
  • Assistente Administrativo: 155 postos
  • Recepcionista: 115 postos.

Saldos negativos

  • Costureiro em máquina de confecção em série: -43 postos
  • Vendedor no Comércio Varejista: -35 postos
  • Gerente de Loja e Supermercado: -28 postos
  • Operador de empilhadeira: -28 postos
  • Técnico de Planejamento e Produção: -28 postos.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger