Segunda edição do livro conta com tiragem maior e peso menor. Foto: Leonardo Koch/OCP
Segunda edição do livro conta com tiragem maior e peso menor. Foto: Leonardo Koch/OCP

Lançado em novembro do ano passado, a obra "Projeto e Análise da Máquina Elétrica Trifásica", de Fredemar Rüncos, superou as expectativas: em março, o primeiro livro técnico sobre o tópico a ser produzido no Brasil já havia esgotado sua tiragem de 250 exemplares, volume considerável para um material acadêmico.

Agora, o livro recebe sua segunda edição. "Tive uma resposta muito positiva por parte de universidades e acadêmicos, um doutorando me pediu uma cópia do livro para usar em sua tese. Também tive respostas boas de universidades no Chile, no Peru em Portugal, e este feedback me deu o incentivo para lançar uma segunda edição", explica Rüncos.

A tiragem desta vez é maior: 500 exemplares de cada um dos quatro volumes do livro, que soma cerca de 1,5 mil páginas. A edição ficou mais leve.

"Conseguimos reduzir cerca de 300 gramas por volume ao reduzir a gramatura do papel, ainda é um papel forte, de qualidade, mas mais leve para que seja mais fácil de transportar", explica.

O trabalho no desenvolvimento do livro começou quando o consultor de desenvolvimento e inovação tecnológica da WEG concluiu seu doutorado em engenharia elétrica na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2006.

A inspiração para o livro veio da falta de material de qualidade sobre o tema no país, que dependia em grande parte de artigos introdutórios e tradução de obras estrangeiras.

Foto: Leonardo Koch/OCP News

Para a segunda edição, foram feitas algumas alterações menores e correções, assim como algumas inclusões. "São pequenas mudanças para atualizar o conteúdo, respondendo a algumas respostas que tive ao material", explica Rüncos.

Segundo o autor, o material é de grande importância para o meio acadêmico, que carece de literatura especializada produzida nacionalmente.

Rüncos tem mais de 45 anos de experiência no setor de máquinas elétricas, como docente, pesquisador, projetista e analista de máquinas. É formado em engenharia elétrica e em física pela Universidade Federal do Paraná.

Foram nove anos de escrita e mais um ano e meio de edição e diagramação para as páginas de "Projeto e Análise da Máquina Elétrica Trifásica". O material é voltado para profissionais do setor, cursos de graduação e pós-graduação e estudantes de engenharia elétrica.

Em 1990, ele assumiu a gerência do departamento de Engenharia de Produto da WEG, e em 2007 passou a gerenciar o setor de Desenvolvimento de Produtos e Inovação Tecnológica da empresa.