Ao concluir seu doutorado em engenharia elétrica  na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2006, consultor de desenvolvimento e inovação tecnológica da WEG Fredemar Rüncos partiu em uma empreitada longa: escrever o primeiro material técnico e acadêmico completo sobre máquinas trifásicas no país.

Foram 9 anos de escrita, e mais um ano e meio de edição e diagramação, uma tarefa hercúlea que deu bons resultados na forma dos quatro volumes e mais de 1.500 páginas de Projeto e Análise da Máquina Elétrica Trifásica, material voltado para profissionais do setor, cursos de graduação e pós graduação e estudantes de engenharia elétrica.

Rüncos ressalta que  há uma grande carência deste tipo de literatura no país. "Este é o primeiro material completo sobre este tipo de máquina a ser produzido no país, o que as universidades usam é material traduzido ou mais simples", explica.

Obra está dividida em quatro volumes | Foto Eduardo Montecino/OCP News
Obra está dividida em quatro volumes | Foto Eduardo Montecino/OCP News

Segundo Rüncos, o país tem uma produção muito pequena de material técnico, não só neste setor - e que precisa ser corrigida.

Por conta desta carência, o engenheiro partiu do doutorado com esta meta. Os quatro volumes abordam a fundo os tipos de máquinas trifásicas, sua construção, os parâmetros físicos do maquinário elétrico, perdas energéticas e sua aplicação.

O conhecimento contido nas páginas deve ser de grande utilidade para o desenvolvimento de novas tecnologias no setor e para a formação continuada de profissionais no país.

Apoio incondicional

A impressão da primeira tiragem, de 250 exemplares - o que pode parecer pouco, mas para um material técnico altamente específico é um volume considerável - foi paga pela WEG, na qual Rüncos atua desde 1968, entrando na empresa como aprendiz.

"Este apoio da WEG foi muito importante, pois a impressão é a parte mais cara e enquanto estávamos elaborando o livro, notamos a falta de programas de incentivo para a produção de material técnico", conta.

Rüncos tem mais de 45 anos de experiência no setor de máquinas elétricas, como docente, pesquisador, projetista e analista de máquinas. É formado em engenharia elétrica e em física pela Universidade Federal do Paraná.

Em 1990 assumiu a gerência do departamento de Engenharia de Produto, e em 2007 passou a gerenciar o departamento de Desenvolvimento de Produtos e Inovação Tecnológica da empresa.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?