Foto Giovanni Silva
Foto Giovanni Silva

Apesar de autorizar a retomada das atividades profissionais por autônomos e a abertura dos estabelecimentos de rua voltados para a construção civil e venda de chocolates para a Páscoa, o governador Carlos Moisés (PSL) afirmou que manterá a suspensão do transporte coletivo urbano, de aulas presenciais em todas as redes de ensino e do comércio em geral em Santa Catarina.

Segundo Moisés, as medidas de isolamento social, em vigor desde o dia 18 de março para conter o avanço do coronavírus, devem ser estendidas por mais duas semanas em todas as regiões do estado. Ele argumenta que ainda não há segurança epidemiológica para liberar atividades que geram aglomeração de pessoas.

 

"As duas próximas semanas serão semanas que representarão um impacto mais relevante nessa questão (do coronavírus). O isolamento social vem para fazer com que essa curva seja mais tênue e nos dê tempo de nos organizarmos e adquirirmos os insumos, tudo aquilo que o mercado mundial disputa. Então, não há que se fazer nenhum movimento de liberação de reunião de público nas próximas duas semanas", ressaltou o governador.

 

 

De acordo com o último balanço divulgado pelo Governo do Estado, Santa Catarina registra 417 casos e 11 mortes por Covid-19. Atualmente, 38 pessoas infectadas pelo vírus estão internadas em hospitais públicos e privados espalhados pelo estado. O paciente mais jovem na UTI tem 34 anos.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul