Desde a última semana, circulam pelas redes informações sobre o possível aumento do limite do saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

A novidade, porém, tem gerado dúvidas nos trabalhadores, principalmente entre os que já realizaram o saque neste ano no valor inicialmente definido pelo governo.

 

 

Veja agora o que é mito ou verdade sobre o aumento no valor do saque do FGTS:

É verdade que o limite do saque do FGTS aumentou?

Sim. Na última terça-feira (12), o Senado aprovou o aumento do limite de saques de recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

 

Veja mais detalhes aqui.

O novo limite de saque agora é de um salário mínimo?

Sim. A Medida Provisória (MP), que havia sido assinada pelo presidente Jair Bolsonaro em julho, foi alterada pelo Senado, que estipulou o valor de um salário mínimo para que os brasileiros possam sacar as quantias.

 

O novo limite de saques de recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) passou de 500 reais para 998 reais.

Aqueles que já sacaram R$ 500 poderão pegar o restante do valor?

Sim. Aqueles que já retiraram os 500 reais previstos pela MP originalmente também poderão retirar os 498 reais restantes se a medida for sancionada para o presidente.

Houve alguma mudança nas datas dos saques?

Não. Com o aumento do valor disponibilizado para saque, as datas para que os trabalhadores resgatem os recursos foi mantida.

 

Veja mais detalhes aqui.

Existe algum impedimento para receber o novo valor de saque do FGTS?

Não. Porém, só poderá sacar mais de R$ 500, quem tinha pelo menos um salário mínimo (R$ 998) na conta até 24 de julho, data em que a Medida Provisória inicial foi enviada para votação.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger