Nova rota turística fomenta tradição do tiro em SC, com Jaraguá do Sul como ‘Capital Nacional’

Foto: Reprodução/TVAL

Por: Elisângela Pezzutti

02/09/2022 - 10:09 - Atualizada em: 02/09/2022 - 10:40

Considerada uma herança trazida pelos colonizadores europeus a Santa Catarina, a prática do tiro acaba de ganhar um novo incentivo no estado. A criação da Rota Turística do Tiro, aprovada pela Assembleia Legislativa, recebeu o aval do governador Carlos Moisés da Silva e virou Lei (18.503/2022).

De origem parlamentar, a iniciativa busca, principalmente, promover e divulgar a prática do tiro nos clubes, sociedades e escolas especializadas, além de fomentar o desenvolvimento socioeconômico regional com a geração de emprego e renda.

A Rota Turística do Tiro abrange 29 municípios: Jaraguá do Sul, Araquari, Joinville, São Bento do Sul, Rio Negrinho, Mafra, Porto União, Caçador, Irani, Xanxerê, Campo Erê, São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Palmitos, Chapecó, Concórdia, Campos Novos, Curitibanos, Lages, Rio do Sul, Timbó, Pomerode, Blumenau, Balneário Camboriú, Brusque, São José, Florianópolis, Tubarão e Criciúma.

Jaraguá do Sul tem título de Capital Nacional dos Atiradores

Jaraguá do Sul, no Norte do estado, concentra o maior número de sociedades e clubes do gênero no país. A cidade, que possui o título de Capital Nacional dos Atiradores, também é palco da Schützenfest, a maior festa de atiradores do Brasil, e a segunda maior do mundo, atrás apenas da Alemanha.

Outras cidades catarinenses também se destacam na promoção de eventos em torno da prática do tiro. É o caso de Joinville, que promove a Shot Fair Brasil, maior evento de negócios do setor no país; Florianópolis, sede do Congresso de Operações Especiais (COP Internacional); e Balneário Camboriú, que sedia o Texas Expo Tiro.

Notícias no celular

Whatsapp