Jaraguá do Sul adotará a Biometria Facial nos ônibus do transporte coletivo

Foto: Eduardo Montecino/PMJS

Por: Elisângela Pezzutti

31/08/2022 - 15:08 - Atualizada em: 31/08/2022 - 15:32

A partir desta quinta-feira (1º), entrará em operação nos ônibus do transporte coletivo em Jaraguá do Sul, um sistema de biometria facial para auxiliar no controle das gratuidades e benefícios de usuários, evitando possíveis fraudes, tais como uso indevido dos cartões das modalidades Idoso, estudante especial por outras pessoas.

O gerente da empresa Senhora dos Campos, responsável pelo transporte público na cidade, Diego Bogo, explica o funcionamento do sistema: ao embarcar no ônibus, a câmera integrada ao validador automaticamente efetua o registro de três imagens do rosto do passageiro que, depois, são comparadas com as do titular do cartão no cadastro de bilhetagem eletrônica da concessionária.

Através disso, é definido um percentual de similaridade entre as fotos. Caso fiquem abaixo deste percentual, as imagens vão para triagem, para que o operador defina se aquela utilização é suspeita de fraude ou não. Havendo confirmação, a empresa adota medidas, como o bloqueio temporário ou total do benefício de acordo com as leis vigentes.

Bogo destaca que o reconhecimento facial vai além de características como cor da pele e corte de cabelo ou maquiagem. “O software em atividade estabelece critérios de identidade biométrica, que são medidas específicas de cada indivíduo” explica. A solução é integrada nos validadores do sistema de bilhetagem eletrônica da concessionária e desenvolvida pela empresa Dataprom, de Curitiba (PR).

O gerente ressalta, ainda, que o cartão TEM é de uso pessoal e intransferível e não deve ser compartilhado em nenhuma hipótese.

 

Foto: Eduardo Montecino/PMJS

“A empresa sempre buscará acompanhar as novas tendências tecnológicas de gestão para transporte urbano, oferecendo assim, conforto, informações e segurança aos usuários do serviço”, finaliza Diego Bogo.

O secretário municipal de Planejamento e Urbanismo, Gildo Martins de Andrade Filho, também afirma que a biometria facial trará mais segurança e confiabilidade ao sistema, além de evitar que pessoas utilizem o cartão de idoso, estudante e especial de forma indevida.

“O referido sistema já é utilizado há muito tempo em grandes centros com excelentes resultados. É importante destacar que isso não trará nenhum problema ao usuário, exceto se o sistema não identificar a imagem da pessoa com a foto no banco de dados. Nessa situação poderá ocorrer o bloqueio temporário ou mesmo definitivo”, reforça.

 

Foto: Eduardo Montecino/PMJS

Serviço

SAU – Serviço de Atendimento ao Usuário | 0800-645-8585

Endereço: Rua Roberto Ziemann, 460 –
Czerniewicz | Jaraguá do Sul | SC

Site: senhoradoscampos.com.br

Notícias no celular

Whatsapp