Inaugurada nova sede do Instituto de Previdência Social dos Servidores Públicos de Criciúma

Foto: Divulgação/PMC

Por: OCP News Criciúma

19/03/2024 - 11:03 - Atualizada em: 19/03/2024 - 14:36

Anteriormente localizado em um espaço alugado, o Instituto Municipal de Previdência Social dos Servidores Públicos de Criciúma (CriciúmaPrev) inaugurou sua própria sede nessa segunda-feira (18). Com investimento superior a R$ 4 milhões, provenientes de recursos próprios do instituto, o espaço, localizado na rua Visconde de Cairú, 1190, no bairro Santa Bárbara, conta com quase 500 m². Atualmente, a instituição possui mais de 2 mil segurados.

“Essa conquista representa um avanço significativo em direção à melhoria das condições de trabalho e dos atendimentos aos nossos servidores municipais”, ponderou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro.

O diretor-presidente do CriciúmaPrev, Darci Antonio Filho, destacou que o instituto foi estabelecido em 2001 com o objetivo de manter a sustentabilidade do sistema previdenciário municipal. “A receita desta autarquia é composta pelas contribuições dos segurados ativos e inativos, bem como pelas contribuições do Poder Executivo e do Poder Legislativo, além de autarquias e fundações de direito público”, explicou.

A nova sede conta com setores administrativos, financeiro, diretoria, presidência e prestará os atendimentos presenciais aos servidores municipais, como folha de pagamento, concessão de aposentadoria, entre outros recursos. A cerimônia de entrega da estrutura foi prestigiada por secretários da prefeitura, vereadores e servidores municipais.

Sobre o CriciúmaPrev

O CriciúmaPrev é a autarquia do Regime Próprio de Previdência (RPPS) do município de Criciúma. O sistema de previdência, estabelecido no âmbito de cada ente federativo, assegura, por lei, a todos os servidores titulares de cargo efetivo, pelo menos os benefícios de aposentadoria e pensão por morte, previstos no artigo 40 da Constituição Federal.

São intitulados de Regimes Próprios porque cada ente público da Federação (União, Estados, Distrito Federal e Municípios) pode ter o seu, cuja finalidade é organizar a previdência dos servidores públicos titulares de cargo efetivo, tanto daqueles em atividade, como daqueles já aposentados e também dos pensionistas, cujos benefícios estejam sendo pagos pelo ente estatal.