Dengue: Acijs e CDL juntam forças no enfrentamento à doença

Foto: Arquivo OCP News

Por: Elisângela Pezzutti

21/02/2024 - 14:02 - Atualizada em: 21/02/2024 - 14:33

A Associação Empresarial (Acijs) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaraguá do Sul uniram forças ao lado do Município no enfrentamento ao mosquito transmissor da dengue.

As duas entidades iniciaram um plano de ação com o objetivo de reforçar as medidas de combate ao Aedes aegypti que já são realizadas pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, buscando conscientizar as empresas e seus colaboradores.

Além da ação direta com mais de 3 mil empresas associadas, as entidades também auxiliam na orientação para a comunidade, reforçando a importância com cuidados básicos para evitar a propagação dos focos do mosquito e com isso a redução dos casos, que impactam diretamente no sistema de saúde e comprometem o atendimento à população de maneira geral.

O envolvimento do setor empresarial em situações que afetam o dia a dia da comunidade, como é o caso do crescente aumento dos casos de dengue, não é novidade e já ocorreu no enfrentamento ao coronavírus.

Agora, o aumento expressivo dos casos de dengue em todo o estado e na região requer ações de urgência, explica a presidente da Acijs e do Centro Empresarial, Ana Clara Franzner Chiodini. Segundo ela, é preciso uma ampla mobilização, intensificando todas as formas de combate ao vírus e no apoio ao trabalho da Secretaria de Saúde.

“Cada um pode fazer a sua parte neste combate nas empresas e nas casas, evitando a proliferação de focos do mosquito e a doença, mantendo os locais limpos e sem água parada, fazendo a limpeza após as chuvas”, assinala.

Ana Clara lembra que a dengue pode ser controlada, mas sem cuidados a situação pode se agravar e causar mortes. “A comunidade de Jaraguá do Sul é muito engajada e temos certeza de que conseguiremos mobilizar todos os setores da sociedade neste momento de dificuldades”, completa Ana Clara.

O presidente da CDL, Paulo Roberto Schwarz, também reforça a importância de uma mobilização ampla para que a situação não fuja do controle. “Os números de casos crescem muito e preocupam os hospitais com problemas de superlotação, o que pode comprometer as vagas para os atendimentos a outras situações”, explica. O empresário lembra que os hospitais São José e Jaraguá também recebem pacientes de outras regiões do estado. O esforço das entidades, reforça Paulo Schwarz, é no sentido de ampliar entre todos os associados as informações para que as recomendações do setor de saúde cheguem a todos os públicos.

Como parte da mobilização, está o reforço das ações preventivas e o alerta para que as pessoas fiquem atentas aos sintomas e busquem orientação médica nas situações de mais gravidade. Para isso, estão sendo replicados os materiais de divulgação com as dicas para o controle da doença, no ambiente das empresas e disseminando as informações para os colaboradores e suas famílias com o impulsionamento via redes sociais da Acijs e CDL.

As duas entidades também vão reforçar a realização do “Dia D”, uma mobilização de combate à dengue organizada pela Prefeitura, cuja data e detalhes serão definidos nos próximos dias.