4 cachoeiras incríveis para conhecer em Jaraguá do Sul e região nos dias de calor

Por: Maria Luiza Venturelli

29/01/2024 - 15:01

Jaraguá do Sul e as cidades vizinhas com certeza não decepcionam quando o assunto é água geladinha e mata verde! Explorar cada parte dessa riqueza natural é um convite maravilhoso para aqueles que pretendem passar o verão na região. Por aqui, escondem-se verdadeiros refúgios naturais, desde rios sinuosos até cachoeiras majestosas que aguardam os aventureiros dispostos a desbravar trilhas menos percorridas. Conheça algumas e monte o seu roteiro:

Cachoeira Antiga Usina, Corupá

Foto: Divulgação/Prefeitura de Corupá

A antiga usina foi a chamada Firma Luz e Força Hansa, fundada em janeiro de 1920 e fornecia energia elétrica para a cidade até 1958, aproveitando justamente a força das águas do rio Ano Bom.

Em outubro de 1958, uma poderosa cabeça d’água causada pelas chuvas nas cabeceiras do rio Ano Bom rompeu a barragem da usina. O empreendimento que já estava com problemas financeiros fechou no mesmo ano, deixando como lembrança sua estrutura abandonada.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Corupá

Atualmente, esse lugar se destaca como um dos destinos turísticos mais populares em Corupá, cativando a atenção de visitantes em busca de experiências enriquecedoras em meio à natureza exuberante e águas cristalinas. A impressionante cachoeira, com 12 metros de queda, fica entre majestosos paredões rochosos que atingem alturas imponentes de até 50 metros.

O local se tornou um verdadeiro refúgio para aqueles que apreciam momentos de lazer em um ambiente natural deslumbrante. A combinação da imponência das rochas, a serenidade das águas frescas e a atmosfera envolvente fazem do destino um cenário perfeito para criar memórias inesquecíveis.

Cachoeira do Molha, Massaranduba

Foto: Divulgação

A Cachoeira do Molha é um tesouro natural bem conhecido e apreciado pela comunidade local, tornando-se um destino cada vez mais popular devido ao seu fácil acesso. Localizada no alto do Molha, bastam alguns minutos de carro e uma breve caminhada de aproximadamente 100 metros para alcançar essa maravilha natural.

A cachoeira tem sido um refúgio para os moradores locais ao longo dos anos. No entanto, nos últimos tempos, a fama do local tem se espalhado, atraindo um número crescente de visitantes que buscam apreciar a beleza única deste patrimônio natural.

O encanto da cachoeira reside em sua queda suave, que pode ser explorada em dois pontos distintos. Subindo um pouco, ficam espaços rochosos que formam pequenas poças, proporcionando oportunidades refrescantes para aqueles que desejam se refugiar do calor. Já mais abaixo, uma clareira cria uma piscina mais ampla, convidando os visitantes a desfrutar de banhos revigorantes em meio à natureza exuberante.

Cachoeira Braço Esquerdo, Corupá e São Bento do Sul

Foto: Divulgação

Na fronteira das cidades de Corupá e São Bento do Sul fica uma propriedade privada que se transformou em um santuário para a rica biodiversidade local. Este refúgio não abriga apenas a flora e a fauna nativas, mas também acolhe aqueles que desejam um contato mais íntimo com uma natureza preservada.

Ao longo de uma sinuosa estrada de terra, subindo pela encosta de um morro, revela-se uma deslumbrante Cachoeira Braço Esquerdo Com impressionantes 90 metros de altura, a cachoeira se divide em dois patamares: o primeiro, com aproximadamente 50 metros, seguido pelo segundo, com 40 metros. O nome da cachoeira deriva de sua posição como afluente à esquerda do Rio Ano Bom, o principal curso d’água da região.

Foto: Divulgação

Localizada a uma curta caminhada de 10 minutos, a apenas 150 metros da recepção e estacionamento, a cachoeira oferece um poço convidativo para aqueles que desejam desfrutar de um banho revigorante.

Por perto fica a imponente Caverna da Fuga, moldada pelas águas do Rio Cachoeira, apresenta-nos com uma formação rochosa única, estendendo-se por cerca de 60 metros. Com uma entrada principal acompanhada por uma área seca, o salão principal desta caverna culmina em uma bela cachoeira.

Recanto Prainha da Oma, Corupá

Foto: Divulgação/Prefeitura de Corupá

A Prainha da Oma é um refúgio encantador às margens do Rio Pedra de Amolar, onde a natureza se encontra com o lazer em uma combinação perfeita. Localizada em uma trilha de aproximadamente 700 metros, este paraíso escondido oferece aos visitantes uma experiência única, repleta de tranquilidade e opções de entretenimento.

Ao adentrar a trilha, os aventureiros são recebidos por uma atmosfera serena e exuberante, com a sinfonia suave das águas do rio como trilha sonora. A Prainha da Oma é um convite para aqueles que buscam momentos de lazer e contato com a natureza, sendo um local ideal para relaxar e desfrutar do cenário envolvente.

O destaque fica por conta dos pontos para banho, onde as águas cristalinas do Rio Pedra de Amolar proporcionam um mergulho revigorante, refrescante para corpo e mente. A paisagem é complementada por uma extensa área para passeios, ideal para caminhadas relaxantes ou simplesmente apreciar a natureza ao redor.

Além das maravilhas naturais, a Prainha da Oma oferece instalações de lazer que agradam a todos os gostos. Para os entusiastas de esportes, há uma cancha de bocha convidativa, onde a competição se mescla com a diversão. Para os que preferem um ambiente mais descontraído, uma mesa de sinuca está disponível, proporcionando momentos animados entre amigos e familiares.

O local também conta com um restaurante que se destaca por suas opções de comida caseira, proporcionando aos visitantes uma experiência gastronômica única. Desde pratos tradicionais até deliciosas iguarias locais, o cardápio é variado, atendendo a todos os paladares.

Foto: Arquivo OCP News

Notícias no celular

Whatsapp