O ex-deputado estadual, candidato ao governo de SC nas eleições passadas e presidente estadual do PSD, Gelson Merísio, anunciou nesta segunda-feira (27) sua saída do partido. Merísio, que passou Mauro Mariani (MDB) no primeiro turno, e no segundo, perdeu para Carlos Moisés (PSL), que levou 71,9% dos votos dos catarinenses, estaria descontente com acordos feitos ano passado entre o ex-governador Raimundo Colombo e o presidente nacional do partido Gilberto Kassab. Independentemente disso, o fato é que contra a onda Bolsonaro, os adversários não tiveram como lutar.

O presidente do PSD de Jaraguá do Sul Jair Pedri, comenta que apesar de ser algo já esperado, a sigla jaraguaense lamenta a decisão. “Trata-se de um valoroso companheiro que muito bem representou o nosso partido nas eleições de 2018. Cabe agora ao PSD constituir um novo comando visando as eleições de 2020”, comentou.

Corre nos bastidores que Merísio já teria recebido convite do senador Esperidião Amin para integrar o PP.