Os perigos da eletricidade

Por: Editorial

19/04/2023 - 06:04

 

Como bem sustenta o Jornal da USP, por Ferraz Jr, “a energia elétrica revolucionou a qualidade de vida das pessoas, mas o uso dela tem seus riscos, principalmente quando as medidas de segurança não são tomadas. Os acidentes mais comuns são o choque elétrico, os incêndios de origem elétrica, ligados principalmente à sobrecarga elétrica, e as mortes por descarga atmosférica”.

Vale salientar que no campo da eletricidade, o choque elétrico é o maior responsável pelas mortes, devido à falta de cuidados no uso desse indispensável recurso. Entretanto, todas as orientações e riscos que envolvem manuseio nas etapas de geração, transmissão, distribuição e consumo de energia elétrica, constam da Norma Regulamentadora NR10, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

A simples leitura já seria uma forma de prevenção. Em que pese todo o aparato de proteção, a maléfica realidade é que nos últimos 10 anos as mortes por acidentes elétricos cresceram mais de 50%. Santa Catarina ocupa o 6º lugar em mortes por choque elétrico entre as unidades federativas do Brasil, sendo a maior parte composta por fatalidades que poderiam ser evitadas por meio de cuidados simples.

Consciente desse desfavorável contexto, a empresa Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), realiza uma campanha de conscientização para a prevenção de acidentes com a rede de energia. O leitor poderá se inteirar dos detalhes dessa relevante campanha, na matéria publicada pelo OCP.