O vandalismo persiste em reinar em Jaraguá do Sul

Foto: divulgação

Por: Editorial

31/10/2023 - 06:10

 

Novamente um ato de vandalismo contra o patrimônio público foi registrado na última quinta-feira (26), no Parque da Inovação em Jaraguá do Sul. Uma praga recorrente em nossa cidade. Especialistas sustentam que as motivações por trás do vandalismo podem variar de acordo com cada indivíduo e contexto, mas algumas das principais razões incluem a busca por emoção, a expressão de raiva ou frustração, a busca por reconhecimento social, a falta de oportunidades ou perspectivas, e até mesmo, a influência de grupos desocupados. Para combater essa mazela que tem se mostrado recorrente, é necessário adotar uma abordagem multifacetada, que possa envolver medidas preventivas, educativas e punitivas. Como forma de contribuir com essa causa, sugerimos algumas estratégias e ações: 1) Promover programas educacionais que abordem as consequências negativas do vandalismo, tanto para a comunidade quanto para os próprios vândalos. Isso pode ser feito por meio de campanhas de conscientização, palestras em escolas e atividades que incentivem a reflexão sobre os valores e responsabilidades cívicas; 2) Aumentar a presença de vigilância e segurança em áreas propensas ao vandalismo. Isso tende a dissuadir potenciais vândalos. Incluir a instalação de câmeras de segurança, iluminação adequada e intensificar a presença de guardas: 3) Incentivar a participação ativa da comunidade na prevenção do vandalismo. Poderia ser feito por meio de programas de voluntariado, grupos de vigilância comunitária e parcerias entre moradores, empresas locais e autoridades; 4) Identificar e abordar precocemente os fatores de risco que podem levar ao vandalismo. Investir em programas de apoio e intervenção social para jovens em situação de risco pode ser mais uma estratégia eficaz. Precisamos, todos juntos, erradicar essa praga.