Novos secretários de Estado são empossados – Pelo Estado

Foto: Eduardo Valente / Secom

Por: Pelo Estado

11/01/2024 - 06:01

A posse dos novos secretários, realizada oficialmente nesta quarta-feira, 10, pelo governador Jorginho Mello (PL), na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), foi marcada pela polêmica em torno daquele que, justamente, não foi empossado, o filho do governador, Filipe Mello, que havia sido indicado para a Casa Civil.

Um pouco antes da cerimônia, Jorginho atendeu a imprensa e falou sobre a desistência do filho. Mostrou-se resignado com a decisão, mas mandou seu recado aos adversários, afirmando que seu filho estava ali somente para apoiá-lo, porque já está com a vida estruturada e não precisa de um “cargo político”. E que continuará ao seu lado, mesmo sem assumir qualquer secretaria.

Ainda na terça-feira, Filipe anunciou sua desistência ao cargo através das redes sociais. A decisão já havia sido tomada há algum tempo, mas veio a público em um momento estratégico, quando a Justiça deu carta branca para Jorginho nomear o filho, deixando claro que Filipe estava preocupado em evitar que a impecável gestão que seu pai vem conduzindo, até agora, não ficasse desgastada pelas pedras que a oposição vinha jogando sem muito critério ou justificativa. Oposição esta que tem telhado de vidro.

Na cerimônia, tomaram posse os seguintes secretários: Vânio Boing, na Secretaria de Estado da Administração; João Paulo Gomes Vieira, na Secretaria de Estado da Comunicação; coronel BM Fabiano de Souza, na Secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil; deputado Carlos Henrique de Lima (Sargento Lima), na Secretaria de Estado da Segurança Pública. Além disso, Renato Dias Marques de Lacerda assumiu a SCPAR – SC Parcerias S/A e Mauro Luiz de Oliveira no Instituto de Previdência de Santa Catarina (Iprev).

Também receberam o Plano de Governo o futuro comandante do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) – coronel BM Fabiano Bastos das Neves, que assumirá a missão no dia 31/01 e Moisés Diersmann, indicado para conduzir o Centro de Informática e Automação de Santa Catarina (Ciasc). Ele ainda vai ter o nome aprovado pelo conselho da empresa.

Lula em Santa Catarina

O presidente nacional do Sebrae, Décio Lima (PT), e o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho (Republicanos), afirmaram, após encontro com o presidente Lula (PT), que o Porto de Itajaí será entregue com navio operando. A intenção é promover uma reinauguração do Porto de Itajaí, com a presença do presidente Lula, quando também deverá ser lançada a licitação para a concessão do porto, que será mantido público por meio de delegação municipal da autoridade portuária, por 25 anos.

Balanço anual

A Câmara Municipal de Florianópolis apresentou um relatório detalhado das atividades realizadas ao longo de 2023, período em que o vereador João Cobalchini atuou como presidente da Casa. Foram 2.597 proposições apresentadas pelos 23 vereadores em exercício, entre elas estão projetos de lei, projetos de lei complementar,decretos legislativos, projetos de resolução, propostas de emenda à lei orgânica, entre outros.

O número de projetos analisados pelas Comissões Permanentes da Casa também foram altos, 1.053 no total. O destaque fica para a Comissão de Constituição e Justiça, que analisou 481 projetos, ou seja, quase 50% do total. No mesmo ano, foram aprovadas 196 novas leis, entre Complementares e Leis Ordinárias.

Conselheiros tutelares

Os novos conselheiros tutelares, eleitos em 2023 pelo voto popular, tomaram posse nesta quarta-feira, 10, em todos os municípios de Santa Catarina. Foram 1.500 profissionais, além dos suplentes, que assumem a gestão por um período de quatro anos e terão como missão garantir o direito de crianças e adolescentes. A escolha dos conselheiros tutelares acontece a cada quatro anos, no primeiro domingo do mês de outubro, do ano subsequente ao da eleição presidencial, ou seja, foi realizada no dia 1º de outubro de 2023. Qualquer eleitor que estiver com o título eleitoral em dia, pode participar da votação.

Exportação

Com o embarque de 1,85 milhão de toneladas de carnes e receitas que chegaram a US$ 4,022 bilhões, Santa Catarina bateu o recorde na exportação de carnes em 2023, considerando todas as espécies produzidas no estado (frangos, suínos, perus, patos e marrecos, bovinos, entre outras). Esse desempenho supera os totais de quantidade e receita registradas na série histórica desde 1997. No comparativo com o acumulado do ano anterior, a alta em 2023 foi de 8,6% na quantidade exportada e de 5,3% na receita. Os números são divulgados pelo Ministério da Economia e sistematizados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa). SC foi responsável por 21% do total de carnes exportadas pelo Brasil em 2023

Sinduscon

Uma série de ações inovadoras, desafios superados e sequência já consolidada de crescimento do setor da construção civil em Chapecó e região. É desta forma que o presidente do Sindicato da Indústria da Construção e de Artefatos de Concreto Armado do Oeste (Sinduscon), Lírio Sanagiotto, avalia o ano de 2023. Atualmente, somente em Chapecó são R$ 10 bilhões em investimentos privados em construção civil, com mais de 500 empreendimentos e mais de 5 mil empregos diretos e indiretos gerados. Ao todo, o Sinduscon abrange 22 municípios da região Oeste, reunindo empresas construtoras, incorporadoras, prestadoras de serviços de mão de obra em diversas áreas da construção civil.