Dr. Vicente acompanha movimentação na obra de recuperação da SC-108

Foto: Divulgação

Por: Áurea Arendartchuk

22/02/2024 - 06:02

 

A movimentação na obra de recuperação da SC-108, trecho entre Guaramirim e Massaranduba, foi relatada pelo deputado estadual Dr. Vicente Caropreso (PSDB) na tribuna da Assembleia Legislativa esta semana. O deputado destacou que foi iniciado nesta semana o trabalho de levantamento topográfico no trecho onde a rodovia será duplicada.

Segundo o parlamentar, a rodovia é a campeã de buracos, o que gera risco de acidentes e provoca avarias graves em veículos, resultando em prejuízos econômicos aos motoristas. “São décadas sem investimento. Estou muito contente com o início do processo. Estamos tirando essa obra do papel e vamos acompanhar, fiscalizar e cobrar agilidade”, comentou.

O deputado também agradeceu ao governador Jorginho Mello (PL) por atender ao apelo da comunidade por essa obra, assim como pela manutenção das demais obras rodoviárias na região, como a duplicação Jaraguá – Guaramirim e a pavimentação da SC-414 entre Luiz Alves e Blumenau.

A ordem de serviço para a recuperação e ampliação da capacidade da SC-108 foi assinada pelo governador Jorginho Mello em dezembro do ano passado e está a cargo da empresa Infrasul. O governo deve investir R$ 238 milhões na ampliação da capacidade da SC-108. A obra será dividida em duas etapas. A primeira fase, consiste na restauração de 11,2 quilômetros da pista atual e na duplicação de 3,8 quilômetros no trecho urbano em Guaramirim, do viaduto de acesso à BR-280 até o acesso ao bairro Figueirinha. A revitalização da pista atual será feita até o km 47, em Massaranduba.

Também faz parte da obra a construção de uma nova ponte sobre o Rio Itapocu, em Guaramirim, três viadutos e uma passagem de nível.

Lunelli também cobra melhorias

E por falar na SC-108, foi protocolado pelo gabinete do deputado estadual Antídio Lunelli (MDB), uma indicação solicitando a roçada e limpeza das margens da rodovia, entre Massaranduba e Blumenau, assim como melhorias na sinalização e visibilidade das placas.

Conforme o deputado, diversas reclamações estão sendo feitas pelos motoristas que passam pela SC-108. Ele destaca ainda a importância da SC-108 para o escoamento da produção local e a intensa movimentação do trecho, diariamente pedindo que ação seja feita em caráter emergencial. A indicação foi aprovada em sessão ordinária e segue para a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade.

 

Procuradoria da Mulher emite nota de repúdio

Procuradoria da Mulher da Câmara de Jaraguá do Sul emitiu, esta semana, uma nota em que repudia e lamenta profundamente que mais um caso de violência contra mulher tenha sido registrado no município. O órgão se solidarizou com a família e amigos da vítima e reiterou o compromisso com a luta contra a violência de gênero e a garantia dos direitos das mulheres em Jaraguá.

Segundo dados fornecidos pelo Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, desde o início do ano até o dia 18 de fevereiro, foram registrados em Jaraguá do Sul, por meio da central de atendimento do governo federal, 16 protocolos de denúncias e 92 violações aos direitos humanos contra mulheres. Esses números revelam uma realidade preocupante, com casos que incluem desde maus-tratos, exploração sexual e violência doméstica.

Diante deste triste episódio, é essencial reforçar a importância da denúncia e do apoio às mulheres que sofrem qualquer forma de violência. Caso presencie ou saiba de algum caso de violência contra a mulher, denuncie: Polícia Militar (190), Polícia Civil (181) e
Central da Mulher em Situação de Violência (180).

 

Revitalização ponte

A Câmara de Vereadores jaraguanese aprovou, na terça, moção de apelo solicitando a revitalização da Ponte Maria Grubba e a continuidade dos projetos para construção de passarelas laterais à estrutura. O pedido assinado pela vereadora Sirley Schappo (Novo) destaca que a atual estrutura da ponte é antiga e com sérios problemas de acessibilidade, tanto que há anos a população cobra melhorias. Segundo a parlamentar, os veículos que trafegam diariamente no local compartilham de três vias estreitas e muito próximas dos corredores em que cruzam os pedestres, acarretando grande risco de acidentes. A moção lembrou um compromisso assumido pela Prefeitura ainda em 2014 de instalar passarelas metálicas para pedestres, visando melhorar a segurança da ponte. No entanto, até o momento, tais promessas não foram cumpridas.