Pessoas queridas, detesto ouvir alguém falando mal da minha cidade, principalmente quando se trata de algum “forasteiro” que vem ganhar sua vida por aqui, mas como jaraguaense que sou, nascido, criado e estabelecido nesta cidade, acredito que possuo o poder de falar alguma coisa sobre o que rola por aqui, afinal são quase 50 anos vivendo nesse solo.

Jaraguá possui um povo extremamente ordeiro, trabalhador, mas o que mata tudo isso é a inveja que muitos carregam consigo. Deixa-me ser mais claro, se por um acaso eu abrir uma loja que vende pazinhas para matar moscas, vindas de todas as partes do mundo, com todas as cores e materiais, na semana seguinte, podem ter certeza, uma outra loja de pazinhas para matar moscas estará sendo aberta, se não na sala o lado da minha loja, ao menos a duas quadras de distância. Porque isso? Porque o povo não tem criatividade e não podem ver alguém saindo bem em seu negócio recém-inaugurado.

Se não abrir a loja, vão tentar denegrir a imagem do empreendedor, dizendo que suas pazinhas são tóxicas, ou que são feitas de material cancerígeno, tudo em nome da maldita vontade de ser o cara que abriu a loja e não ter capacidade para isso, ou pelo fato dele ter tido a coragem e a criatividade de investir em algo inédito.

Lembro de uma situação que aconteceu com minha mãe nos anos 80, quando tínhamos confecção e estavam fazendo fotos num ambiente público, para um catálogo com a nova coleção, quando um empresário que trabalhava no mesmo segmento, passou pela locação das fotos, abriu a janela do seu carro e disse para minha mãe: “Vou copiar!”, minha mãe respondeu pra ele: “Pode copiar, eu tenho condições de criar  e desenvolver mais modelos, agora, copiar modelos é a única coisa que você sabe fazer!”.

É, parece que tudo gira em torno da inveja por aqui!

Recentemente, um grande amigo, excelente profissional, foi acusado de assédio sexual por um profissional da sua área de atuação, porque isso? Eu diria: Falta de capacidade de fazer um trabalho igual ou melhor, então o cara “vomita” essas besteiras, pensando que com isso, irá aumentar sua clientela. Ledo engano, pois neste caso, a verdade sempre prevalece e o feitiço acaba virando contra o feiticeiro.

Como sempre dizia meu velho pai: (não sei de quem é a autoria dessa frase, mas sei que ela é de impacto) “A inveja é falta de capacidade” e completo ainda dizendo: “Contra olho gordo, colírio diet!”

No Pirata

A banda Vintage Cult é a atração do Pirata no sábado.

Povo do rock, fiquem atentos pois a embarcação estará zarpando logo ao por do sol dessa sexta-feira, levando consigo muita alegria, cerveja gelada e muita diversão.

Para comandar o agito todo, quem sobe no palco da casa nesta sexta (10), é uma das melhores e mais irreverentes bandas da região, que é a CÓDIGO DE BAR.

No sábado (11), o agito fica por conta do rock da banda VINTAGE CULT, tocando o som de Depeche Mode, New Order, Imagine Dragons, Cold Play, Oasis, Empire of the Sun, Blur, Legião Urbana, The Strokes, The Smiths, Talking Heads, Radiohead, The Cure, Franz Ferdinand, The Killers, Cake, INXS, MGMT, Lulu Santos, entre outros.

Vale lembrar que a censura da casa é de 16 anos, sendo que menores de 16, devem ser acompanhados pelos pais. Obrigatória apresentação de documento com foto.

Maiores informações podem ser obtidas pelo fone: 47 98407 9266.

Rooster Empório

Elton Chapolin faz a festa no Rooster, na noite de sábado.

No “Bar mais Galo da Cidade”, agito é que não irá faltar neste final de semana. Começando a esquentar as turbinas na sexta-feira (10), com o sertanejo de Lu Ramalho. No sábado (11), o ritmo muda e parte para o reggae, pop e rock com Elton Chapolin, com a presença do Barman Royalle Bartenders preparando aqueles drinks espertos para a galera.

Lembrando que nas noites de quarta-feira rola a famosas batatas em dobro e nas quintas o rodízio de comida de boteco.

Para quem ainda não conhece, o Rooster fica colado na cabeceira da ponte da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

The John

A noite de sexta é garantida com a festa da Treë no The John.

A grife Treë faz a festa no The John American Pub nesta sexta-feira (10), tendo como convidado o DJ GOLDACHER, fazendo uma noite pra lá de diferente e alucinante.

No sábado, a festa fica por conta da banda PANACÉIA que estará lançando seu primeiro álbum, com um show especial, repleto de muito Rock n' Roll, contando com a participação de MARCELO GROSS (Cachorro Grande), tocando clássicos do Cachorro Grande, GROSS, Júpiter Maçã, TNT, Beatles, Rolling Stones e The Doors.

Fica aqui o convite.

Feijoada da PM

Dia 8 de junho tem a Feijoada da Associação do 14º Batalhão da PM no Restaurante Duas Rodas.

Para anotar na agenda.

No próximo dia 08 de junho, a Associação Somos o 14º Batalhão realizará sua 2ª Feijoada beneficente, tendo por local a Recreativa Duas Rodas.

Os convites já estão sendo comercializados nos seguintes locais: Moinho Jaraguá, Recreativa Duas Rodas, no 14º Batalhão da polícia Militar com Daniela ou Shirley ou na Associação 14º BPM com Janete (47) 99979 1052.

Vale colaborar com quem tanto nos protege!

Costelada no Cano Quente

No sábado tem Rock com Costela Fogo de Chão na sede do Motoclube Cano Quente.

Pessoal que curte uma costela fogo de chão e muito rock’n’roll não pode ficar fora do 7º Rock com Costela Fogo de Chão. agito que rola neste sábado (11) na sede do Motoclube Cano Quente na Rua Rinaldo Bogo, 747 na Ilha da Figueira. O agito tem seu início marcado para às 11h. da matina.

Reflexão da Semana

Se muitos dos vereadores que hoje nos representam trabalhassem na iniciativa privada, com certeza a essas horas já estariam engordando a fila dos desempregados, pelo alto salário que recebem, comparado com a sua produtividade.

Vamos embora, porque a litorina não espera.
Até semana que vem!