Todo o ano é a mesma coisa, no meio da correria do dia a dia, sempre ouvimos falar: “Chega Natal!” Acredito que esse Natal, bem como o final de 2020, nunca foi tão esperado por todo o mundo.

Com certeza, tivemos um ano atípico, repleto de novas experiências, para alguns serviu como forma de reflexão, de parar para pensar o sentido da existência e o nosso papel nesse mundo. Foi fácil observar a nossa insignificância perante um vírus, algo imperceptível a olho nu, mas que pode causar um baita estrago, conseguindo até mesmo colocar um fim na nossa existência.

Por outro lado, o 2020 foi um ano de reinvenção. O reinventar-se foi necessário em tantas profissões, abrindo caminhos para o home office, para as “aulas remotas”, onde tivemos que nos virar sozinhos para aprender a sermos cinegrafistas, roteiristas, escritores, iluminadores, blogueiros, enfim Professores.

Ah, 2020 que não foi fácil, pois no mês de maio, levou consigo minha mãe para os braços de Deus e que fez com que eu compreendesse e sentisse na pele, os versos cantados por Renato Russo: “É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã!”

Esse ano que também carregou meu emprego de 21 anos no Instituto Educacional Jangada, local onde aprendi a ensinar e a me apaixonar pela minha profissão, deixando a lembrança de duas gerações de alunos que passaram pelas minhas salas de aula.

É minha gente, o ano não foi fácil. O bom de tudo isso foram os ensinamentos que ele nos deixou, a questão da empatia, da solidariedade, da resiliência...tudo bem, sei que ainda tem gente que não aprendeu com todas essas dicas que “doismilevinte” nos deixou, mas acredito que um dia elas aprenderão.

De todos esses problemas e dificuldades que enfrentamos nesses 365 dias, eu afirmo que algumas coisas boas pudemos tirar para nossas vidas. Pois a dor nos ensina e faz com que possamos dar muito mais valor para quilo tudo que possuímos.

Estamos na porta de 2021, acredito que o cenário não será diferente do ano que está prestes a terminar, ao menos durante os primeiros meses. Teremos que continuar com os cuidados necessários para tentarmos driblar o vírus, até que a eficácia de um medicamento ou mesmo de uma vacina seja comprovado.

Enquanto isso, vamos continuar alimentando nossa fé, que tudo ficará bem, para que possamos voltar a nossa rotina de trabalho e diversão. Nunca pensei que um abraço faria tanta falta, ou quem sabe dar uma dançadinha ou até mesmo poder conversar sem utilizar as famigeradas máscaras, que sufocam nosso sorriso e embargam nossa voz.

Enfim, vamos aguardar para saber o que o ano novo irá trazer para todos nós, o importante é não desistir, é buscar forças para que todas as experiências positivas ou negativas que tivemos possam nos tornar pessoas melhores.

E como eu sempre digo, “Vamos embora, porque a litorina não espera!” Um feliz e abençoado natal para você e sua família e um 2021...prefiro não falar nada, vamos ver como ele será!

Ordenação

Os Neo Sacerdotes Tiago Araújo e Rodrigo Bento, na companhia do "iluminado" Padre Zezinho.

Com o coração repleto de felicidade recebi o convite para a Ordenação Presbiteral dos meus grandes amigo Diáconos Cristiano Tiago Araújo e Rodrigo Bento da Congregação do Sagrado Coração de Jesus.

A solene celebração Eucarística onde ambos serão ordenados Presbíteros, pela imposição das mãos de Dom Francisco Carlos Bach, que é o Bispo da Diocese de Joinville, acontece neste sábado (19), às 19h. tendo por local a Igreja Matriz São Sebastião.

A alegria desse momento é ímpar, sendo que tive a oportunidade de conhecer o Tiago e o Rodrigo quando nossos caminhos se cruzaram no Movimento de Emaús, há algum tempo.

Fica o convite para a primeira Missa dos Neos Padres, que acontece no domingo (20), na Paróquia Senhor Bom Jesus em Guaramirim, sendo a do Tiago, acontecerá às 9h30min. e a Missa do Rodrigo, às 18h. também na Paróquia Senhor Bom Jesus.

Meus queridos amigos, que Deus abençoe grandemente o chamado que tiveram, para que possam continuar perseverantes em tão magnífica vocação, sempre iluminados pelo Espírito Santo.

Daniel Lucena

Daniel Lucena na companhia do emblemático músico e artista plástico, Paulico. (foto arquivo pessoal do Paulico)

Nossa geração perdeu um dos seus maiores artistas, musicalmente falando. Na semana que passou, tivemos a triste notícia do falecimento do cantor e compositor Daniel Lucena, que para os um pouco mais experientes na vida, como é meu caso e de tantos outros, cantou e encantou com o seu Expresso Rural.

Canções como “Certos Amigos”, “Nas Manhãs do Sul do Mundo” e tantas outras, marcaram tantos momentos da nossa vida, nos trazendo as melhores lembranças de tantas histórias vividas pela geração dos 80’s.

Ficam as recordações em forma de canção.

Live

Com dez anos de estrada e vários projetos musicais juntos, Tiago Wickmann e Lenilson Elisio, fazem uma Live nesse domingo.

Essa é para o pessoal que curte música das boas. Por isso, que os músicos Tiago Wickmann e Lenilson Elisio se reunem nesse domingo (20), depois de 10 anos de estrada, tocando juntos em diversos projetos, viajando por alguns quilômetros pelas estradas do sul, com muitas histórias pra contar e muitos amigos feitos nas cidades onde passaram. Celebram tudo isso com uma super live.

A transmissão da Live será canal do YouTube do Tiago e nas páginas do Facebook @tiagowickmann e @lenilsonelisio.

Separa a carne para o churrasco, e vem curtir.

 

 

Vamos embora que a litorina não espera.