Indulto Natalino

Está em pauta no STF o presente generoso do futuro ex-presidente Michel Temer, que vai beneficiar seus companheiros de política que de alguma forma acabaram presos pela Operação Lava Jato e afins. O “saidão” só não entrou em vigor ainda, pois os ministros estão pedindo vistas para analisar com maior propriedade. A minha esperança é que o novo presidente já foi enfático em dizer, junto do ministro Moro, que “a farra vai acabar”.

"Não é apenas a questão da corrupção, qualquer criminoso tem que cumprir sua pena de maneira integral. Essa é a nossa política, isso que acertei com o Sergio Moro, indicado para ser o ministro da Justiça, para tratar essas questões. Se não houver punição ou se a punição for branda, eu acho que é um convite à criminalidade", afirmou Bolsonaro.

Concordo em gênero, número e grau! Isso é uma verdadeira palhaçada feita para beneficiar os amigos de colarinho branco que desviaram bilhões que poderiam estar investidos em nossos hospitais, nas policias, nas estradas, isso sim seria uma forma de nos presentar. Agora colocar essa turma na rua, isso é presente de grego, e vai ser o último ano que o papai noel vai entrar pela chaminé da cela.

De motoristas a pedestres

Lendo e escrevendo sobre diversos acidentes que acontecem em nossa região, no Estado e no País, vim percebendo que não é só o condutor de veículos que se torna um possível algoz no trânsito. Muitas vezes, até mais perigosos que eles, são os bêbados de beira de estrada que se equilibram em suas bicicletas. A alguns dias atrás escapei de atropelar um, por sorte estava atento ao trânsito. O cidadão simplesmente se desequilibrou da bike e invadiu e deitou sobre a pista. Ai digamos que eu o atropele, pronto, todos iriam esquecer tudo de bom que já fiz e me tornariam o pior homem da região. É assim, em épocas onde qualquer bocó cria um perfil falso e comenta besteiras em redes sociais, tudo vira motivo para discussão. Enfim, voltando ao foco, deveria ser incluída na lei uma emenda que também proibisse que bêbados circulassem de bicicleta por ai. Querem encher a cara, peguem um táxi da porta do bar até a casa ou bebam em casa, por que, eu como motorista posso acabar atropelando você como bêbado, e tenho certeza que me incomodarei muito até comprovar que fui inocente. Em suma, é um fato a ser pensado a longo prazo pois vidas, principalmente de motociclistas, podem ser ceifadas com a ação da gravidade que age sobre os corpos movidos a etanol.

Alias

Não é só os bêbados, mas também os ciclistas que teimam em ficar empinando a bike na saída da aula ás margens da via. Para se desequilibrar e cair na rua é muito fácil e novamente o motorista será o culpado.

Sobre o caso Daniel

Está todo mundo falando sobre o tal jogador Daniel que foi morto brutalmente no PR. Realmente foi um crime brutal, mas, temos que concordar que o cara também não foi nenhum bom hóspede em bater fotos com a mulher do assassino na cama e ainda por cima ir pra cima da filha do cara. Não merecia morrer, isso não, mas, que passou dos limites, ah ele passou.