Pessoas que costumam ter as pontas dos dedos mais arroxeadas e com temperatura inferior ao normal devem procurar um médico para avaliação. O motivo disso é a Síndrome de Raynaud que faz pequenos vasos da mão ficarem mais estreitos (comprimidos) e isso dificulta a chegada do sangue na ponta dos dedos.

Esta doença é mais comum do que se imagina e existem dois tipos dela. O Raynaud Primário, é comum em 80% dos casos, ocorrendo sem sintomas ou sinais de enfermidades e o Secundário que é quando esta constrição acontece por motivos reumatológicos, como lúpus, esclerose sistêmica, a dermatomiosite e a doença mista do tecido conectivo.

Diagnóstico

Para diagnosticar o Raynaud Secundário, além de avaliar os sintomas visíveis a olho nu, o reumatologista precisa fazer um exame chamado “Capilaroroscopia”. Ele consiste em uma avaliação das cutículas para ver como os vasos nesta parte dos dedos estão.

Se o exame apresentar menos vasos que o normal, com formato tortuoso e com pequenos sangramentos, provavelmente o paciente está com o diagnóstico de Raynaud Secundário.

Vasos de paciente com Raynaud Secundário | Sociedade Brasileira de Reumatologia.

Tratamento

O tratamento da Raynaud Secundária precisa ser levado a sério. Além de usar os medicamentos prescritos pelo reumatologista, os pacientes devem evitar exposição a lugares frios, manter o corpo bem aquecido, manter pés e mãos protegidos do frio e parar de fumar, pois, a nicotina contrai ainda mais os vasos.