Constipação Intestinal é a classificação clínica dada para a “prisão de vente” ou “obstipação intestinal”; o diagnóstico pode ser dado na presença de sintomas como frequência de evacuação inferior a 3 vezes por semana, fezes ressecadas e de difícil expulsão, além do desconforto durante ou após a evacuação e a sensação de que esta não se deu de maneira completa. De acordo com as pesquisas  na área, é mais comum em mulheres e em idosos.

Na maioria das vezes há questões dietéticas envolvidas, como o consumo insuficiente de líquidos e fibras, falta de atividades físicas, o hábito de não ir ao banheiro assim que sente vontade de fazê-lo, o uso de determinadas drogas ou abuso de substâncias laxativas.

Além disso, a Constipação também aparece associada a outras patologias como Depressão, Transtornos de Ansiedade, Hipotireoidismo, Câncer de Intestino, ou a Intolerâncias Alimentares.

Ainda, a Constipação costuma ser um quadro comum no período gestacional, posto que durante a gravidez o organismo da mulher produz hormônios que lentificam os movimentos intestinais, o que dá origem ao quadro.

Quando a constipação ocorre repentinamente, é imprescindível procurar um médico especialista para identificar a causa, antes de inciar o uso de laxantes, ou chás indiscriminadamente.

Na grande maioria das vezes, ajustes na alimentação e recomendação de treinos intestinais e de atividade física são suficientes para o tratamento bem sucedido.

De acordo com a Medicina Chinesa, a Constipação é geralmente causada por um distúrbio na função de transmissão do Intestino Grosso, e é também relacionada a desordens envolvendo o Baço, o Estômago, o Fígado e os Rins. Cada uma destas classificações será compreendida de uma forma distinta e receberá tratamento específico, razão pela qual se torna tão importante buscar um profissional qualificado para diagnosticar e conduzir o tratamento.

Em todos os casos, criar uma rotina intestinal é muito importante; este treino pode ser feito através do ato de se sentar ao vaso e tentar evacuar todos os dias no mesmo horário, na tentativa de imprimir um hábito aos intestinos. Ficar sentado na posição “de cócoras” por cinco minutos antes de se sentar ao vaso também pode ajudar bastante, uma vez que esta posição, por ser a natural de evacuação do ser-humano, vai estimular os movimentos peristálticos.

Resolver a Constipação Intestinal é muito importante, uma vez que é através da evacuação que os dejetos alimentares são expelidos do organismo. Caso as fezes permaneçam nos intestinos por mais tempo do que devem, sintomas como mau-humor (“enfezamento”) irão refletir o início de uma intoxicação pelo acúmulo de fezes. No caso das gestantes esta intoxicação pode vir até mesmo a causar danos ao feto, devendo o médico ser consultado assim que os primeiros sintomas surgirem.