Na noite desta terça-feira (19), foram premiadas as empresas que mais se destacaram em gestão de pessoas e bom ambiente organizacional do ano durante cerimônia em São Paulo com a presença de mais de 700 convidados.

Entre as empresas premiadas, está a jaraguaense WEG, considerada a segunda melhor empresa para se trabalhar na categoria indústrias diversas e a sexta melhor no ranking geral.

A premiação divulgou o resultado do Guia VOCÊ S/A – As 150 Melhores Empresas para Trabalhar de 2019, pesquisa realizada pela equipe da revista em parceria com a Fundação Instituto de Administração (FIA).

Participaram do estudo 500 empresas, que se inscreveram voluntariamente para minuciosa análise.

Além dos mais de 250 mil empregados que responderam à pesquisa, a revista percorreu 87 cidades nas cinco regiões do país para conhecer 202 companhias. Os jornalistas conversaram com mais de 4 mil funcionários e produziram cerca de 900 horas de entrevistas.

Na WEG foram selecionados três mil colaboradores para responder a pesquisa. Destes 87% aceitaram participar e 25 foram entrevistados pessoalmente pelos jornalistas da Você S/A.

Confiança da indústria sobe

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) aumentou 3,2 pontos frente a outubro e alcançou 62,5 pontos em novembro. Com isso, o indicador está 7,9 pontos acima da média histórica que é de 54,6 pontos, informa a pesquisa divulgada nesta quarta pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os indicadores do ICEI variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50 pontos mostram que os empresários estão confiantes.

“O aumento da confiança estimula a recuperação da economia brasileira à medida que impulsiona o aumento da produção e a retomada do investimento”, avalia a CNI.

O estudo destaca que o Índice de Condições Atuais, um dos componentes do ICEI, alcançou 56,3 pontos, o maior nível desde outubro de 2010. O índice está 3,6 pontos acima do registrado em novembro de 2018.

O Índice de Expectativas, por sua vez, subiu para 65,6 pontos neste mês e está 2,9 pontos abaixo do verificado em novembro do ano passado.

A alta no indicador é um sinal positivo em um ambiente econômico que vem sendo marcado por instabilidade e incertezas, apesar de um padrão de alta histórica da bolsa de valores - infelizmente, acompanhando por igual alta histórica da cotação do dólar, acima dos R$ 4,20 pela primeira vez desde o início do plano real, em 1994.

Parceria

Na última semana, uma parceria foi firmada entre a Faculdade Católica de SC com a Associação das Imobiliárias de Jaraguá do Sul (Aijs), para a oferta de descontos especiais em cursos para os corretores e funcionários das imobiliárias Associadas AIJS.

Foto Reprodução/Instagram

De acordo com o termo de parceria, o procedimento de matrícula aos interessados deve ser feito no setor de matrículas da Católica, informando do convênio com Aijs.

Na foto, Charles Medeiros (D), presidente da entidade e Diogo Richartz Benke, reitor da Católica.

Petrobras vende a Liquigás

A Petrobras anunciou, na noite desta terça-feira (19), a assinatura da venda da totalidade de suas ações da Liquigás Distribuidora para as empresas Copagaz e Nacional Gás Butano.

O valor da venda é de R$ 3,7 bilhões. Como parte da estruturação da operação, será realizado investimento acionário minoritário por parte da Itaúsa na Copagaz.

A Liquigás atua no engarrafamento, na distribuição e na comercialização de gás liquefeito de petróleo (GLP) no Brasil.

Agro cresce

O incremento do Produto Interno Bruto (PIB) do setor agropecuário neste ano e no próximo foi revisto para cima pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

A previsão anterior era de crescimento de 0,5% em 2019 e a nova projeção marca 1,4%. No caso de 2020, a projeção de crescimento vai de 3,2% a 3,7%, conforme o prognóstico de safra.

Todos os percentuais estão acima do que é esperado para o conjunto da economia. Segundo o Ipea, em 2019 o PIB nacional deverá ter alta de 1%. Em 2020, o crescimento deve ficar em 2,3%. Historicamente, o agronegócio é responsável por um quinto do PIB nacional.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger