Santa Catarina alcança novamente um número significativo na geração de empregos formais do país.

O Ministério da Economia divulgou nesta quinta-feira (29), que o Estado teve um saldo positivo de 24.827 vagas em setembro, mantendo o melhor desempenho na região Sul e terceiro maior saldo acumulado do país.

Apenas São Paulo (+75.706 postos) e Minas Gerais (+36.505 postos), os dois estados mais populosos do Brasil, obtiveram resultados superiores em números absolutos. Os dados são da pesquisa mensal divulgada pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Todos os setores da economia catarinense sentiram o aumento do número de postos de trabalho no mês de setembro. A indústria obteve o melhor desempenho, com 12.135 novas vagas.

Em seguida, aparecem os serviços (7.597), o comércio (4.138), a construção civil (932) e a agropecuária (25).

A governadora em exercício, Daniela Reinehr, reafirma o compromisso com a união dos catarinenses.

“A retomada da economia de forma responsável já é uma realidade em Santa Catarina. Vamos seguir apostando no que está dando certo e melhorar o que pode ser melhorado. O crescimento de todos os setores é impulso para nos unirmos como catarinenses em prol do desenvolvimento. A saúde e a comida na mesa do catarinense são nossas prioridades”, sintetiza.

Investimentos em infraestrutura

O terceiro e último dia das oficinas da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) que debateram os corredores logísticos catarinenses abordou nesta quinta (29) a carência de recursos para a infraestrutura de transportes no estado.

O Orçamento Geral da União previu a liberação de R$ 507 milhões em 2020, tendo sido executados 76%. No entanto, cálculos da Fiesc apontam a necessidade de investimentos da ordem de 1,7 bilhão de reais.

É uma situação que se repete ano após ano, tendo em vista que nos últimos dez anos, foram destinados à infraestrutura do estado R$ 5,2 bilhões, o que corresponde a apenas 48,3% dos R$ 10,7 bi previstos.

Vagas de trabalho

Uma das maiores companhias de alimentos do mundo, a BRF oferece 915 oportunidades de trabalho nas unidades de Santa Catarina.

A seleção é para Operador de Produção I, com início em novembro.

As vagas são distribuídas da seguinte forma: 253 em Capinzal, 229 em Chapecó, 200 em Concórdia, 126 em Campos Novos e Herval d’Oeste e 107 em Videira.

Durante o processo seletivo, todas as medidas sanitárias de prevenção e combate ao novo Coronavírus (Covid-19), como uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos, deverão ser observadas.

Como parte de suas iniciativas para promover a diversidade e a inclusão, também há oportunidades para pessoas com deficiência.

Saiba mais sobre as vagas visitando o endereço www.brf.com/talentos.

 

Telegram Jaraguá do Sul