Foto Freepik
Foto Freepik

Dados apresentados pela Junta Comercial (Jucesc), vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), mostram um crescimento na retomada econômica e no índice de confiança do investidor.

Com um saldo positivo de 344 novos empreendimentos, Santa Catarina teve 74% a mais de empresas que aportaram em terras catarinenses do que as que migraram para outras regiões.

Outro destaque está na abertura de empresas, quando comparado ao mesmo período do ano passado. De um total de 144.092 constituições, o Estado obteve um saldo positivo de 97.947, entre 1º de janeiro e 3 de novembro de 2020.

Um crescimento de 14,4%, em relação a 2019 que teve um saldo de 85.457.

Segundo o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rogério Siqueira, o Governo de Santa Catarina recebe o investidor no estado com tapete vermelho, com ações e programas que incentivam geração de renda e novas oportunidades.

“Santa Catarina se destaca no cenário nacional e os números comprovam. Temos um estado pujante, uma economia diversificada e nosso propósito aqui é trabalhar de forma colaborativa e criativa para desenvolver políticas de estado, perenes, que promovam ainda mais este desenvolvimento, atraindo empresas e apoiando as que aqui estão”, pontua Siqueira.

A formalização do microempreendedor individual foi uma das alternativas para geração de renda desde o início da pandemia do novo coronavírus. É o que também revelou o relatório da Jucesc.

O Estado apresentou um saldo positivo de 61.994 novas MEIs, resultado de 80.412 constituídas e 18.418 extintas, de 17 de março até 3 de novembro. No ano de 2020, já são mais de 82 mil MEIs em solo catarinense.

De acordo com dados divulgados pela Federação das Indústrias de SC (Fiesc), quando se trata do índice de intenção de investimento no Estado, SC marcou 73,2 pontos no mês de outubro, a sexta alta consecutiva.

Representando o maior resultado para a série histórica.

Faturamento bilionário

A Duas Rodas deve ultrapassar o valor de R$ 1 bilhão em faturamento neste ano. Nos 10 primeiros meses de 2020, empresa jaraguaense registrou um crescimento de 20% no faturamento acumulado.

Nesta semana, a empresa anunciou a expansão da fábrica de pastas de variegatos, que permitirá dobrar a capacidade produtiva da seção localizada na Matriz, em Jaraguá do Sul.

O investimento de mais de R$ 11,6 milhões tem o propósito de atender à alta demanda do mercado de gelados comestíveis por produtos premium e com apelo de saudabilidade, setor em forte crescimento no Brasil e na América Latina nos últimos anos.

A líder brasileira na fabricação de produtos para a indústria de gelados comestíveis, investiu, além das instalações físicas, na aquisição de tecnologias, máquinas e equipamentos com tecnologia de ponta, com sistema de transporte de matéria-prima automático e moagem em fase líquida, e também na automação e em sistemas de controle geral das operações da planta.

Presente em mais de 30 países, a Duas Rodas atua há 95 anos na fabricação de ingredientes para as indústrias de alimentos e de bebidas no Brasil e no mundo.

Com mais de 10 mil clientes, a empresa possui um portfólio com cerca de 3 mil itens.

 

Telegram Jaraguá do Sul