Trabalhadores que optarem, a partir de hoje (1º), pela modalidade de saque-aniversário de parcela do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) terão que esperar pelo menos dois anos para voltar ao saque-rescisão.

Para escolher a modalidade de “saque-aniversário”, o beneficiário deve entrar na área correspondente, no site do FGTS, ou via aplicativo, disponível para smartphones e tablets dos sistemas Android e iOS e para computadores com o sistema Windows.

Após confirmação de cadastramento e antes de optar pelo tipo de saque, a página do FGTS permite simulação do valor que o trabalhador teria direito e informa o período de saque conforme o mês de aniversário de cada correntista.

Em seu site, a Caixa Econômica alerta para o fato de que ao fazer a opção pelo saque-aniversário, “o trabalhador não poderá sacar o total da conta por motivo de demissão, mas tem direito a todas as demais modalidades de saque, incluindo o saque da multa rescisória. Ficam mantidos os saques para a compra da casa própria, doenças graves, aposentadoria e outros casos já previstos anteriormente na Lei”.

O saque-aniversário será de abril a junho para os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro, de maio a junho para os nascidos em março e abril e de junho a agosto para os nascidos em maio e junho.

A partir de agosto, a retirada ocorrerá no mês de aniversário até dois meses depois.

De 2021 em diante, as retiradas sempre ocorrerão no mês de nascimento do trabalhador, até dois meses depois. Caso o beneficiário não faça o saque no período permitido, o dinheiro volta para a conta do FGTS.

Ao optar pelo saque-aniversário, o trabalhador deverá escolher a data em que deseja que o valor esteja disponível: 1º ou 10º dia do mês de aniversário. Quem escolher o 10º dia retirará o dinheiro com juros e atualização monetária sobre o mês do saque.

Concurso público em Guaramirim

A Prefeitura de Guaramirim está com inscrições abertas para o Concurso Público 003/2019 e Processo Seletivo 004/2019.

O concurso tem como finalidade o preenchimento de vagas permanentes para os cargos de Historiador e Bibliotecário, enquanto o processo seletivo conta com vagas para agente de serviços gerais e tradutor intérprete de libras, bem como formação de cadastro reserva (CR) para outros cargos.

O período de inscrição para os dois processos segue até às 17h do dia 3 de fevereiro de 2020.

As inscrições devem ser feitas no site da empresa que organiza o certame, o Instituto Tupi, no institutotupy.com.br.

Desenvolvimento regional

O Ministério do Desenvolvimento Regional terá R$ 65,5 bilhões para financiamentos na área de habitação e outros R$ 4 bilhões para obras de saneamento.

A regulamentação dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), aprovada pelo Conselho Curador do Fundo, foi publicada nesta terça-feira (31), no Diário Oficial da União (DOU), por meio das instruções normativas nº 44 e nº 45.

Para a área de habitação, do montante de R$ 65,5 bilhões, mais de 95% serão destinados para financiamentos de moradias populares a famílias com renda mensal de até R$ 7 mil – faixas 1,5, 2 e 3 do programa de habitação social do Governo Federal. Para os descontos, estão assegurados R$ 9 bilhões.

“Com esses recursos, nossa estimativa é que sejam contratadas 526 mil unidades habitacionais em todo o País. Nossa expectativa é criar 1,3 milhão de empregos”, ressaltou o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Crédito rural

A Caixa realizou a redução de até 54% das taxas de juros para as contratações de crédito rural destinadas a produtores, cooperativas e agroindústrias.

As novas taxas estão disponíveis para as contratações com recursos obrigatórios destinados às operações de custeio, investimento, comercialização e industrialização e variam de acordo com a atividade financiada, o prazo da operação e o nível de relacionamento do cliente.

R$ 14,1 bilhões em compras de Natal

De acordo com levantamento do Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, o varejo digital brasileiro faturou R$14,1 bilhões entre 15 de novembro e 24 de dezembro, cifra que representa uma variação positiva de 29,9% no comparativo com o ano passado.

Com o aumento das vendas, crescem também as tentativas de fraudes. Segundo levantamento da ClearSale, empresa especialista em antifraude em diversos segmentos, o prejuízo evitado com compras fraudulentas aumentou 91% em relação a 2018, chegando a R$ 292,5 milhões.

As categorias preferidas pelos fraudadores são: celulares, games e bebidas.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger