Foto Divulgação

Foto Divulgação

A diretoria da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Jaraguá do Sul entregou  ao prefeito Antídio Lunelli uma moção pedindo a criação de um projeto lei para priorizar a contratação de micro e pequenas empresas locais em processos licitatórios.

No documento, a entidade enfatiza que as esferas estadual e federal autorizam tal favorecimento, que ajuda a fortalecer a economia do município, gerando também mais empregos.

Além da moção, a CDL encaminhou ao executivo um ofício solicitando a revitalização no bairro Barra do Rio Cerro. Por meio do Núcleo de Dirigentes Lojistas, criado em março passado, a entidade tem fomentado o desenvolvimento do comércio da localidade.

Entre as demandas destacadas, está a valorização do patrimônio histórico, uma nova estratégia de mobilidade, padronização de calçadas, iluminação sustentável, a instalação de faixas elevadas e o alargamento de esquinas.

O associativismo e o desenvolvimento de Jaraguá do Sul tem fortes laços - tanto a CDL quanto a Associação Empresarial de Jaraguá do Sul  estiveram diretamente envolvidas em importantes pleitos para o desenvolvimento da cidade - e a moção entregue na última semana é apenas mais um componente desta relação entre associações empresariais e o poder público em Jaraguá do Sul.

Os interesses da CDL e o desenvolvimento maior de Jaraguá do Sul estão diretamente relacionados, com o foco desenvolvimentista da entidade demonstrando não apenas seus interesses diretos, mas o bem estar coletivo e o desenvolvimento sustentável.

Cooperbam completa 7 anos

A Cooperativa dos Agricultores Familiares de Massaranduba (Cooperbam) teve motivos para comemorar neste fim de semana.

Na tarde de sábado, a cooperativa celebrou sete anos de sua fundação e a inauguração de sua nova sede.

Roberto Castello Branco na Petrobras [1]

O economista Roberto Castello Branco deve assumir o comando da Petrobras por indicação de  Paulo Guedes, confirmado para o Ministério da Economia (que deve englobar Fazenda, Planejamento, Indústria e Comércio Exterior).

A informação foi divulgada na segunda-feira (19) pela equipe de Guedes. O futuro presidente da Petrobras é diretor do Centro de Estudos em Crescimento e Desenvolvimento Econômico da Fundação Getulio Vargas.

O atual presidente da estatal, Ivan Monteiro, permanece no comando até a nomeação de Castello Branco.

E equipe está praticamente fechada [2]

Com a confirmação, a equipe econômica do próximo governo já está praticamente fechada.

O presidente eleito Jair Bolsonaro e Paulo Guedes, confirmado para o super Ministério da Economia (que vai unir Fazenda, Planejamento, Indústria e Comércio Exterior), ainda precisam anunciar os nomes para as presidências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

Além do próprio Guedes e de Castello Branco, integram a equipe econômica os economistas Roberto Campos Neto, que irá para o Banco Central e Joaquim Levy, que vai presidir o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Estimativa de inflação segue em queda

A estimativa de instituições financeiras para a inflação este ano caiu pela 4ª vez seguida. De acordo com pesquisa do Banco Central (BC), divulgada nesta segunda-feira (19), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar em 4,13%. Na semana passada, a projeção estava em 4,23%.

Matriz energética menos poluente

O Brasil é o país que apresenta a matriz energética menos poluente entre os grandes consumidores globais de energia, sendo a nação com maior participação de fontes renováveis, mostra o Relatório sobre Mercado de Energias Renováveis 2018 da Agência Internacional de Energia (AIE).

Segundo o estudo, o país deverá somar quase 45% de fontes renováveis no consumo final de energia em 2023, principalmente em função da bionergia nos transportes e na indústria e da hidroeletricidade, no setor elétrico. Atualmente, esse percentual corresponde a cerca de 43%.

FCDL/SC oferece sistema de gestão de sorteios

Pensando no período do ano em que há mais promoções no comércio, a Federação das CDLs de SC (FCDL/SC) mantém à disposição dos associados o sistema de gestão de sorteios, que une sustentabilidade e tecnologia à favor do consumidor.

Em funcionamento há três anos, a ferramenta alia segurança, praticidade e coloca em prática o conceito de sustentabilidade defendido pela principal entidade varejista catarinense. O funcionamento é simples e seguro.

Após a compra na loja participante da campanha, o empresário distribui um cupom para concorrer a prêmios no CPF informado pelo consumidor. Feito isso, basta ele acessar o site da promoção e se cadastrar para ativá-la.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?