Após um longo período de previsões pessimistas, a edição desta semana do Boletim Focus, elaborado todas as semanas pelo Banco Central (BC, com projeções de instituições financeiras para os principais indicadores econômicos, demonstrou as primeiras projeções positivas desde maio. O dado ainda não indica recuperação econômica, mas sinaliza o fim do período negativo que marcou os meses de maio e junho.

Depois de oito altas consecutivas, instituições financeiras consultadas pelo BC reduziram projeção para a inflação deste ano. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 4,17% para 4,15%,

Esta é a primeira redução desde maio, quando a projeção de inflação chegou a mínima de 3,4% - desde então, os números seguiam negativos, com queda mais acentuada após a paralisação dos caminhoneiros no final de maio.

Nem todas as avaliações são positivas, no entanto. A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – caiu de 1,53% para 1,50%, neste ano. Para 2019, a estimativa segue em 2,50%. As instituições financeiras também projetam crescimento de 2,50% do PIB em 2020 e 2021. O indicador está em queda desde fevereiro, e já caiu para metade do projetado no começo do ano, de 3%.

A número segue fora da meta de inflação do Banco Central, de 4,5%, embora esteja dentro do limite de tolerância, de 3% a 6%. Para alcançar a meta de inflação, o BC usa como instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente 6,5% ao ano. Para as instituições financeiras, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano até o final de 2018. Para 2019, a expectativa é aumento da taxa básica, terminando o período em 8% ao ano.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar permanece em R$ 3,70 no final deste ano. Para o fim de 2019, passou de R$ 3,60 para R$ 3,68.

Divida pública em debate no CPL

O CPL – Centro Integrado de Profissionais Liberais de Jaraguá do Sul discutirá a dívida pública com a palestra “Dívida Pública em Debate”, no, dia 26 de julho, quinta feira da próxima semana, às 19h30, no auditório da entidade.

A apresentação será ministrada pelo professor e mestre em economia João Luis Abrantes Bertoli, coordenador do Núcleo Norte da Auditoria Cidadã de Santa Catarina.

Dentre os tópicos que serão abordados destacam-se; modelo econômico atual, histórico da Dívida Pública, mecanismos de endividamento e Auditoria Cidadã da Dívida.

Wine Weekend

Apreciadores de vinhos não podem perder o 1º Wine Weekend do Jaraguá do Sul Park Shopping. O evento, marcado para acontecer no final dessa semana, entre os dias 20, 21 e 22, já tem participação confirmada de diversas marcas.

As brasileiras Casa Valduga, do Vale dos Vinhedos, e Pericó, de São Joaquim, e as espanholas Manzanos, Berceo, Más de Victor e El Lagar De La Aldea estarão no evento. A programação contará com palestras e workshops e os visitantes também poderão experimentar diversos rótulos.

Sebrae destaca startup jaraguaense

As startups catarinense vêm chamando a atenção de investidores em todo o país e também de entidades que fomentam o empreendedorismo. Recentemente, a Bee2share, que foi acelerada pela Spin, de Jaraguá do Sul, ganhou destaque em uma publicação do Sebrae SC, categorizando-a como um caso de sucesso.

Na edição mais recente do informativo Economia Digital, a entidade apresentou a startup, que já é referência conectando indústrias e solucionando o problema de quem tem máquinas ociosas e também daqueles que precisam de equipamentos para produzir mais.

Cotas do Pasep e do PIS para agosto já podem ser conferidas

Os trabalhadores com direito a cotas dos fundos dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) já podem conferir os valores corrigidos que receberão em agosto. Para saber o saldo e se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar os sites do PIS e do Pasep.

Para os cotistas do PIS, também é possível consultar a Caixa Econômica Federal no telefone 0800-726-0207 ou nos caixas eletrônicos da instituição, desde que o interessado tenha o Cartão Cidadão. No caso do Pasep, a consulta é feita ao Banco do Brasil, nos telefones 4004-0001 ou 0800-729-0001.

Falando em dívida pública...

Enquanto o governo federal trabalha com a previsão de déficit e endividamento para custear despesas correntes (em outras palavras, com pedaladas fiscais premeditadas) na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), o congresso trabalha com maneiras de aumentar os rendimentos de parlamentares e magistrados.

Uma sugestão seria aumentar o teto constitucional e incorporar o valor do auxílio moradia ao salário. Isso tudo enquanto se fala em austeridade...

Quer receber as notícias no WhatsApp?