PMDB começa a negociação com outros partidos

Colunistas

Por: Patricia Moraes

quarta-feira, 04:00 - 01/06/2016

Patricia Moraes

A quatro meses para as eleições de outubro, o presidente do PMDB de Jaraguá do Sul, o deputado e secretário de Estado, Carlos Chiodini prepara a sigla para enfrentar as urnas. O partido pretende lançar candidatos em todos os municípios da microrregião, a estratégia, claro, é fazer o maior número de prefeituras em Santa Catarina já se preparando para o pleito de 2018, quando o objetivo do PMDB é voltar ao Palácio Barriga Verde depois de oito anos sendo coadjuvante do PSD de Raimundo Colombo. Em Jaraguá do Sul, a sigla, que tem como pré-candidato o empresário Antídio Lunelli, compõe o governo de Dieter Janssen (PP), e já deu início às tratativas sobre a composição de uma nova aliança. Esta semana, as conversas aconteceram com o PSDB, de Vicente Caropreso, e com o PSD, de Jair Pedri. O partido não conquista o Paço há mais de 20 anos, desde as eleições de 1993, vencidas por Durval Vasel. Na entrevista a seguir, Chiodini também fala sobre seu próprio futuro político.

pagina 4

O PMDB anunciou que terá candidato em Jaraguá do Sul, mas há uma certa desconfiança no meio político. A decisão dessa vez é definitiva?
É uma decisão compartilhada pelo diretório. Vamos trabalhar nesse sentido. É definitiva.

O partido já começa a montar uma aliança?
Abrimos a rodada de negociações. Vamos conversar com PSDB, PP e PSD. O partido não descarta ninguém neste momento. Vamos conversar para conhecer os planos que cada sigla tem para a cidade.

E quais as prioridades para Jaraguá do Sul nos próximos quatro anos, segundo o PMDB?
Fazer um governo de austeridade. Esse é o tema dominante na política nacional. Antes, ganhava quem prometia que iria fazer mais, agora tem que dizer como. O partido está fazendo seminários temáticos. Desses encontros, tiraremos informações específicas para embasar o plano de governo.

Quando a sigla espera estar com cenário definido?
Entre o final de julho e início de agosto, quando encerra o prazo para as convenções.

E o seu futuro político? Seu nome é apontado pelo PMDB do Estado como possível candidato à Câmara Federal ou até ao Senado. É esse caminho que o senhor deseja trilhar?
Sim. É preciso buscar novos espaços, não adianta fazer sempre a mesma coisa. E a região quer e precisa ter representatividade federal. Estou me preparando para isso.

* * *

Tempo de espera
Depois do município aprovar leis que estipulam tempo máximo de espera nos bancos, Correios e Celesc, o vereador Jeferson Oliveira (PSD) sugere que projeto semelhante acabe com calvário de quem procura atendimento no Ministério do Trabalho.

* * *

Convênios assinados
O prefeito de Guaramirim, Lauro Fröhlich (PSD) assinou convênios ontem com governo do Estado que totalizam R$ 1 milhão. Metade do recurso será destinado para compra de material para melhorar as estradas de terra no município nos bairros Caixa D’água, Poço Grande e Jacu-açu. O investimento também prevê a compra de um ônibus para Apae e de uma van para Secretaria de Saúde.

* * *

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nova Estação de Tratamento
Estão em ritmo acelerado as obras da nova Estação de Tratamento de Água (ETA) do Samae, no bairro Água Verde. Iniciada em janeiro deste ano, esta é a maior obra pública da história do município com custo aproximado de R$ 35 milhões e vai garantir capacidade de abastecimento para os próximos 25 anos. A previsão de entrega é de dois anos. O prefeito Dieter Janssen vistoriou as obras ontem junto presidente do Samae Ademir Izidoro, engenheiros e técnicos responsáveis pelo projeto.

* * *

No Calçadão
Já como parte do acordo com a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de revitalizar o Calçadão, a Prefeitura anunciou ontem que a Marechal será fechada no dia 13 de junho para conserto do pavimento em frente ao Nelo Hotel. Também serão executados serviço de podas e limpeza de árvores, de bocas de lobo, além de outros reparos nas calçadas.

* * *

Desincompatibilização
Delegados de polícia, defensores públicos, magistrados, membros do Ministério Público, secretários municipais e dirigentes de fundações públicas em geral que quiserem ser candidatos a prefeito ou vice-prefeito em outubro deste ano devem deixar suas funções quatro meses antes das eleições, ou seja, nesta quinta-feira.

* * *

Reunião da Fecam
O prefeito Dieter Janssen participa hoje, em Florianópolis, da reunião do Conselho Executivo e Fiscal da Fecam. Entre os assuntos da pauta estão o resultado das audiências com Fórum Parlamentar Catarinense, Ministério Público de Santa Catarina e Tribunal de Contas do Estado; encaminhamentos e resultados da XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios e encaminhamentos junto à Confederação Nacional dos Municípios da pauta ques erá entregue para o novo governo. Este último assunto de grande importância para todos os prefeitos.

* * *

Atletas guerreiros
O deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) apresentou quatro moções que prestam homenagens à equipe de Jaraguá do Sul que participou da 12ª edição do Parajasc, na cidade de São Miguel do Oeste. A delegação, que ficou em 14º lugar geral na competição, e outros três atletas que superaram todas as limitações e conquistaram três medalhas de ouro no atletismo, recebem a deferência do parlamentar.

* * *

Sem emaranhados
Demorou, mas saiu. O projeto de lei da vereadora Natália Petry (PMDB) que obriga as operadoras de telefonia fixa, banda larga, e energia a identificar os fios e retirar a fiação excedente dos postes foi aprovado ontem no plenário da Câmara. O objetivo é acabar com o emaranhado e evitar acidentes.

×