Como seria extraordinário se todo cidadão entendesse sua cidade como um sistema social que, na condição de organismo vivo, assume um sentido de construção coletiva. Há cinco anos publiquei um artigo sobre a percepção que nutro por Jaraguá. Eu dizia que toda cidade é do tamanho do coração daqueles que a habitam, e que para mim, “Jaraguá é gigante”. Argumentava, também, que os indicadores estruturais de caráter econômico, social, político e cultural, são determinantes para dimensionar e qualificar uma cidade, mas, não determinam, necessariamente, sua grandeza.

Justificava, ainda, que grandeza de uma cidade é uma percepção particular que deriva do sentimento de pertença, ou seja, não basta compor parte passivamente, tem que fazer parte ativamente, estar inserido, construir e ser construído. Sustentava, então, que transformar uma cidade não é tarefa exclusiva do poder público, senão, de toda sociedade. Entretanto, há os que “moram” numa cidade e há os que “são” de uma cidade. Passados cinco anos, muita transformação se processou em Jaraguá, solidificando aquela minha percepção.

E hoje afirmo isso, porque tive a grata oportunidade de ser recebido na quinta feira (8) pelo amigo Jefferson Galdino, Executivo do SESI SENAI IEL e a profissional Luciana Dupont, para receber uma linda placa de reconhecimento oferecida ao OCP, como “Empresa Apoiadora” do Programa Jaraguá Mais Saudável. Então, regado a um bom café, conheci de forma mais aprofundada, esse visionário Programa movido pela força do voluntariado, e que nasceu com o propósito de tornar Jaraguá do Sul mais saudável e, consequentemente, mais produtiva e longeva para seus moradores.

Tive a convicção de que este Programa, sustentado em três fundamentais pilares (‘comer’, ‘mover’ e ‘pertencer’), é mais uma comprovação de que uma cidade é, em essência, um pouco de cada um. Aquele pouco per capita que vai moldando a identidade, o caráter e a grandeza da cidade. Por isso, defendo que qualquer cidadão que se sinta “inserido” nessa cidade, deveria conhecer o Jaraguá Mais Saudável. Vida longa, e saudável, ao Programa