É evidente que a busca por uma qualidade mastigatória está se tornando cada vez mais frequente. Isso com certeza está diretamente relacionado com a grande quantidade de informações a que nossos pacientes hoje têm acesso, assim como a qualidade de profissionais e técnicas disponíveis atualmente graças ao processo evolutivo dentro da odontologia.

Atualmente, essa busca constante por um sorriso perfeito associado a uma mastigação adequada esbarram em um problema frequente dentro de clínicas e consultórios: Quanto tempo demora um tratamento dentário?

Esta dúvida ainda é mais comum no grupo de pacientes que por algum motivo, no passado perderam seus dentes e hoje são usuários de próteses móveis totais, também conhecidas popularmente por “dentaduras”.

Boa parte dos pacientes que convivem com problemas relacionados a próteses móveis evita a procura por um tratamento adequado em função da falta de tempo. É mais do que notório o quanto a odontologia cresceu dentro de tão pouco tempo assumindo também os moldes dentro da necessidade de cada paciente.

Assim também como é visível as imensas possibilidades de tratamento com implantes para quem perdeu todos os seus dentes. Um dos grandes tratamentos disponíveis atualmente que associa a devolução dos dentes fixos e agilidade, refletindo no menor tempo para ser concluído, chama-se carga imediata.

A carga imediata é um processo ao qual o profissional cirurgião-dentista, habilitado na área de implantes dentários, instala os pinos de titânio que substituem as raízes dos dentes naturais. Sobre esses mesmos implantes é fixada uma prótese, ou seja, os dentes do paciente.

O tratamento decorre ao longo de 48 a 72 horas até sua conclusão, e hoje é muito indicado para pacientes que perderam todos os seus dentes principalmente na região inferior. Resumidamente, pessoas que por um longo período foram usuárias de próteses móveis totais na região inferior, agora possuem a possibilidade de concluírem seu tratamento em um prazo de dois a três dias, restabelecendo a mastigação e a estética através de dente fixos.

É importante mencionar que este tratamento é fantástico, porém a chave para o sucesso está no planejamento adequado direcionado para cada paciente, além da análise criteriosa dos exames solicitados pelo profissional, onde será possível analisar a estrutura óssea. É através desses exames, onde o mais indicado se chama tomografia computadorizada, que o planejamento realizado pelo profissional é transferido para a boca do paciente.

A tomografia computadorizada é um exame simples e rápido, semelhante a uma radiografia panorâmica convencional, entretanto, se trata de um exame mais específico e oferece informações mais precisas, facilitando o tratamento com implantes dentários e oferecendo mais segurança ao paciente e também ao profissional.

Hoje temos infinitas possibilidades em nossas mãos para transformar sorrisos e devolver a saúde bucal novamente, além de sermos capazes de devolver a autoestima, muitas vezes extraída de nossos pacientes juntamente com seus dentes. É por esse motivo e muitos outros que a odontologia se destaca cada vez mais no cenário atual, não somente por transformar sorrisos, mas também por transformar vidas.

É mais do que notório o quanto a odontologia cresceu em pouco tempo assumindo a necessidade de cada paciente.

Dr. Gustavo Dagostim – CRO/SC 12.689 • Cirurgião Dentista - Universidade Estadual de Londrina (UEL) • Especialista em Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial - Universidade Federal do Paraná(UFPR) • Especialista em Implantes Dentários (ZENITH) • Habilitado em Acupuntura na odontologia, Dor Orofacial e DTM (GAPEDOR) • Habilitado em uso de Toxina Botulínica terapêutica para tratamento de Desordens Orofaciais (ILAPEO