Por Nelson Luiz Pereira_conselheiro editorial do OCP

A humanidade enfrentará, nas próximas décadas, dois grandes problemas que só poderão ser solucionados com gestão visionária e sustentável: i) a degradação ecológica, resultante da produção e consumo desenfreados, e ii) a ampliação da desigualdade social.

Embora ainda possa levar relativo tempo para reverter, de forma massiva, essa angustiante condição, alguns esperançosos exemplos de boas práticas começam a surgir, fundamentados na lógica de que, sem sustentabilidade, não poderá haver desenvolvimento que assegure benefícios duradouros para as sociedades.

Em âmbito global, já existem 100 destinos sustentáveis, devidamente reconhecidos e certificados pela Fundação Internacional Green Destinations. No território brasileiro, nove cidades compõem este rol, sendo Schroeder uma delas.

A certificação foi celebrada na última sexta-feira (9), pela Associação Empresarial de Schroeder (Acias) e a prefeitura do município, destacando o turismo como um dos eixos que guiarão o desenvolvimento da cidade rumo a um promissor futuro.

Schroeder caminha, a passos largos, para um modelo de gestão responsável, tornando sustentável toda a cadeia produtiva do turismo, que envolve as dimensões econômica, sociocultural e ambiental.

Concomitantemente, o município vai se transformando numa referência de educação ambiental, por preservar e disseminar conhecimentos sobre o ambiente. Por permitir que o visitante desenvolva a consciência ambiental e incorpore atitudes sustentáveis.

Por isso, “Naturalmente Schroeder” merece essa destacada certificação internacional, por representar, efetivamente, um modelo a ser seguido por todos que se preocupam com o futuro do planeta e das próximas gerações.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul