O mundo vive tempos de individualismo, ansiedade e fobias sociais. A pandemia tem nos levado a questionar sobre o impacto do isolamento e do medo na saúde mental e, consequentemente, no campo do entretenimento.

Sendo a espécie humana substancialmente gregária, o entretenimento assume papel determinante na formação do ser social. Significa dizer que, figurativamente, ‘entretenimento não é brincadeira.’

Especialistas asseguram que para a manutenção da saúde mental, é preponderante a existência de rotinas que envolvam hora para trabalhar, dormir, acordar, tomar banho, se alimentar adequadamente, sem ignorar, porém, a hora para o entretenimento.

Cientificamente está comprovado que atividades de lazer são responsáveis por aumentar o hormônio ocitocina e o neurotransmissor serotonina no cérebro das pessoas, com relação direta nos níveis de estresse.

Cabe, entretanto, evidenciar que entretenimento pressupõe acesso igualitário a diferentes públicos e grupos sociais. Foi fundamentada nesses conceitos que nasceu a Naturalfest, um encontro que reúne, atividades na natureza, esportes de aventura, exposições ligadas ao tema, palestras e debates, cases de sucesso, gastronomia e diversos shows. Essa inovadora concepção de festival, que ocorre na cidade de Corupá, promete emoções inesquecíveis nas mais diversas atividades de lazer.

O evento vem suprir, notadamente, uma demanda crescente da nova realidade tecno social, já que estudos apontam que 83% das pessoas, considera o entretenimento como uma necessidade vital. Por isso, o Naturalfest será, sem dúvida, o maior encontro de emoções ao ar livre, como evento agregador para o bem-estar social.