Os novos tempos determinam que o processo de inovação no mundo digital, passa a ser regido pelo dinamismo das ideias empreendedoras convertidas em tecnologias. As novas demandas que surgem a cada nascer do sol, exigem um novo paradigma de empreendedorismo.

Esse modelo que se desvenda, é motivado pelas constantes mudanças no contexto político, cultural, socioeconômico e tecnológico. Consequentemente, requer criatividade, colaboração, empatia, visão holística do mundo, capacidade analítica de mercado e compreensão aprofundada das transformações sociais e seus efeitos.

Dentro desse contexto, o posicionamento estratégico de nosso município, tem sido o de se converter, gradativamente, em importante polo de inovação, em meio ao ecossistema das tecnologias. Forças propulsoras como JaraguáTec, Novale Hub, Spin, e ensino técnico acadêmico, somadas a nossa identidade empreendedora, formam um campo sustentavelmente fértil para geração de conhecimentos que resultarão em novos produtos, soluções, processos e serviços.

Como em todo terreno fértil, bons frutos nascem, Jaraguá do Sul acaba de se tornar uma referência nacional em Tecnologia e Inovação, de acordo com o Ranking Connected Smart Cities (classificação das cidades inteligentes conectadas). O levantamento foi divulgado no dia 8 de setembro, pela Urban Systems.

O estudo considera o “Conceito de Conectividade” sendo a relação existente entre os diversos setores analisados. O conceito de smart cities entende que o desenvolvimento só é atingido quando os agentes da cidade compreendem o poder de conectividade entre todos os setores.

Se faz oportuno considerar, entretanto, que as inúmeras oportunidades desse mundo tecnológico, nos impõem o desafio de fazer com que a tecnologia e inovação sejam fortes aliadas do desenvolvimento sustentável.