A maioria dos micro e pequenos negócios fecham as portas nos cinco primeiros anos. De acordo com o Sebrae, 7% fecham por não terem lucro e 20% por falta de capital. Desta forma, fica claro que um dos maiores problemas enfrentados pelos empreendedores é o financeiro. Por isso, ter conhecimento sobre os principais conceitos financeiros de um negócio é essencial.

Empreender é uma jornada desafiadora e pode ser muito gratificante, mas para isso é necessário cuidar da administração do seu negócio com atenção. No dia a dia de um empreendedor é muito comum aparecerem vários termos financeiros que, se não forem estudados, podem gerar dúvidas e acabar prejudicando os negócios.

Capital de giro

Para saber quanto sua empresa tem de capital de giro, faça a seguinte conta: todos os recursos financeiros da sua empresa disponíveis - todas as contas, despesas e custos à pagar = este é o seu capital de giro. Você pode solicitar crédito de capital de giro para custear operações diárias, comprar estoque, realizar pagamentos, etc.

Capital fixo

O capital fixo tem duas definições e é muito importante que você compreenda as duas. Quando falamos de capital fixo, estamos falando de todo o ativo estável de uma empresa, ou seja, a estrutura, máquinas, equipamentos, etc. Já numa operação de crédito, Capital Fixo é o dinheiro que será usado para alguma compra já determinada, geralmente com orçamento incluso na proposta.

Fluxo de caixa

Em uma empresa, constantemente são feitas várias movimentações bancárias diariamente. Essas movimentações de entradas e saídas são chamadas de Fluxo de Caixa. É necessário conhecer o seu fluxo de caixa para realizar uma previsão das movimentações e manter o funcionamento durante o mês.

Custos fixos e variáveis

Todos nós temos despesas fixas e variáveis — o seu negócio não é diferente. Entre as despesas fixas, podemos listar: salários, aluguel, conta de luz, água, etc… Ou seja, os custos que existem todos os meses, sem falta. Já as despesas variáveis são os custos que sofrem alterações de mês em mês. Um exemplo é o marketing — em algumas épocas do ano você pode ter que fazer um investimento maior em marketing se comparado à outros meses.

Ponto de equilíbrio e breakeven

Em algum momento da sua trajetória como empreendedor, seu negócio terá uma receita igual, ou equivalente aos gastos — a partir desse momento, você atinge o ponto de equilíbrio, ou breakeven, e passa a ter lucro!

Pró-labore

Esse é um termo que pode trazer confusão, mas seu significado é bem simples: pró-labore é o salário dos sócios.

Faturamento

Se você colocar na ponta do lápis tudo que sua empresa recebe por mês (sem contar os gastos), você tem o faturamento total. Simples, não é?

Esses termos são essenciais para o seu negócio e costumam gerar dúvidas e causar confusão, especialmente na hora de solicitar crédito. Conhecendo esses conceitos e acompanhando os números que eles oferecem, você sabe a real situação da sua empresa e consegue pensar em estratégias rápidas para salvar as finanças do seu negócio caso seja necessário.

.

Para saber mais, fale conosco através do e-mail contato@usebom.com. Para sanar eventuais dúvidas, entre em contato através das nossas redes sociais (@bommicrocredito). Você também pode entrar em contato pelo WhatsApp através do número: (47) 9 9955-4586.