Os vereadores jaraguaenses Marcelindo Gruner (PTB) e Eugênio Juraszek (PP) apresentaram esta semana na Câmara, dois projetos que têm por objetivo tombar como patrimônio cultural imaterial do município, as sociedades de tiros e o strudel. Patrimônio imaterial é aquele que se relaciona com a maneira como os diferentes grupos sociais se expressam por meio de suas festas, saberes, ofícios, celebrações e rituais.

Na justificativa dos projetos, os dois políticos destacam a importância histórica e a valorização das tradições trazidas pelos migrantes europeus, principalmente os húngaros e alemães e que são preservadas e difundidas até hoje por seus descentes

Atualmente Jaraguá do Sul conta com mais de 20 sociedades de tiro que preservam a tradição que nasceu na Alemanha e foi trazida pelos imigrantes para Santa Catarina por volta de 1850. As competições de tiro tem um papel destacado na vida social, cultural e recreativa dos descentes e apreciadores da cultura, principalmente na nossa região. Tradição que também é difundida pela Schützenfest que acontece há mais de 30 anos.

Já o strudel, chegou a Jaraguá e região com os imigrantes húngaros em 1891. O prato ficou tão famoso no município que levou o governo do Estado a conferir em 2007 o título de Capital Catarinense do Strudel. O prato também é muito apreciado pelos turistas que conhecem a cidade

Filiação

Rogério Vonk, coronel da reserva remunerada da PM e atual presidente do Corpo de Bombeiros de Guaramirim, filiou-se esta semana ao PSL, partido do presidente Bolsonaro, do governador Carlos Moisés e do deputado federal Fábio Schiochet (foto esq).

Vonk que foi ex-comandante do batalhão de Jaraguá, disse que no momento não é pré-candidato a nenhum cargo, mas que pretende ajudar a formar um grupo para contribuir com Guaramirim.

Foto: Divulgação

Decreto

Os senadores Esperidião Amin (PP-SC) e Alvaro Dias (Podemos-PR) elogiaram a iniciativa do presidente Bolsonaro esta semana de revogar os dois decretos de flexibilização do uso de armas de fogo e munições, editados em maio. Os dois disseram que esperam o debate do assunto no Legislativo.

Ainda sobre armas, foi aprovado ontem na Comissão de Constituição e Justiça o projeto de lei que estende a posse de armas na zona rural para toda a área da propriedade. A matéria seguiu para o Plenário.

Novo clube 

Na sessão de terça da Câmara jaraguaense, o vereador Jackson de Avila (MDB), informou que o município terá um clube de tiro que contará com as modalidades de rifle, tiro de precisão e tiro ao prato.

O parlamentar defende o clube como mais uma alternativa para quem gosta do esporte e lembra que fez uma indicação em 2017 para que a Prefeitura viabilizasse um espaço para praticantes de tiro esportivo, assim como para treinamentos e campeonatos.

Novo presidente

O deputado estadual Milton Hobus (PSD) assumiu ontem a presidência do PSD de Santa Catarina. O nome do empresário de Rio do Sul foi homologado pelo presidente nacional do partido, Gilberto Kassab, e recebeu o apoio da bancada estadual e federal da sigla, de prefeitos e lideranças políticas do Estado.

Oficinas

Servidores das câmaras de vereadores da região participam nesta semana de oficinas realizadas numa parceria entre Associação dos Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi) e o Programa Interlegis. O tema é articulação e compilação de textos que permite enxergar leis na sua versão compilada, com alterações, revogações e revisões de textos em sequência cronológica das ocorrências.

Orçamento

O Congresso Nacional promulgou nesta quarta-feira (26) mais uma emenda à Constituição que prevê a execução obrigatória de emendas das bancadas estaduais no Orçamento da União. O texto é o substitutivo do senador Esperidião Amin (PP). Segundo a nova norma, a execução obrigatória dessas emendas seguirá as mesmas regras das individuais, que já são impositivas.

Como será

As emendas parlamentares são recursos do Orçamento que o Congresso direciona para obras e ações escolhidas pelos deputados e senadores. As emendas de bancada serão de execução obrigatória e corresponderão a 1% da receita corrente líquida realizada no exercício anterior. Em 2020, no entanto,  esse montante será de 0,8% da receita corrente líquida.

Fundo

Os vereadores jaraguaenses aprovaram por unanimidade na terça-feira (25), projeto de lei do Executivo, que autoriza a abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 500 mil  no orçamento do Fundo Municipal de Assistência Social para atender a gestão de benefício eventual, prestado às famílias em situações de vulnerabilidade temporária, calamidade pública, e situações de emergência.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito: 

Telegram  

Facebook Messenger  

WhatsApp