Em entrevista esta semana à Coluna Plenário, o presidente da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul Onésimo Sell (MDB), fez uma avaliação deste ano à frente do Legislativo.

Sell encerra seu mandato como presidente da Casa agora em dezembro e em janeiro de 2022 quem assume o lugar é o vereador Jair Pedri (PSD) eleito esta semana com os demais três integrantes da Mesa Diretora. Onésimo também esteve no começo da semana na Acijs onde, junto com o prefeito Antídio Lunelli (MDB) , apresentaram um balanço dos trabalhos do Legislativo e Executivo realizados neste ano.

Para Sell, o ano do Legislativo foi muito positivo, por se tratar de um período com muitas experiências e mudanças na Câmara. “Desde a renovação dos vereadores que chegou a 80% até a implantação de novos sistemas que facilitaram e agilizaram o trabalho do Legislativo. Um deles foi a digitalização dos processos internos que gerou uma economia de mais de 50 mil folhas que deixaram de ser gastas em impressão e assim demonstrou nossa preocupação com os recursos públicos”, comenta.

Outro destaque citado por Sell foi a aprovação do Código de Ética da Câmara que estabeleceu as regras de conduta dos vereadores e respeito ao decoro parlamentar.
O presidente da Câmara também cita um importante passo dado para a atenção às mulheres que foi a aprovação e instituição da Procuradoria da Mulher. Por meio dela, está sendo dada maior representatividade na defesa dos direitos das mulheres em Jaraguá do Sul.

Sell destaca ainda o bom relacionamento do Legislativo com o Executivo, assim como a parceria com entidades atuantes do município. Além disso, comenta que a Câmara ficou mais próxima da comunidade. “Passamos a fazer uma comunicação diferente com a comunidade para mostrar a importância da Câmara para a sociedade e a real função da Câmara de Vereadores. Estamos bem mais próximos da população”, comenta.

Mudança de sede

Ainda dentro do mandato de Sell à frente da Mesa Diretora houve a transferência da sede da Câmara do Centro para o espaço atual na Católica SC, no bairro Rau, já que o antigo prédio não podia mais abrigar o Legislativo por necessitar de mudanças solicitadas inclusive pelo Ministério Público. A Câmara permanece provisoriamente na

A Câmara em números:

* Com o Sistema Legislativo Digital houve queda de 39,6% nas impressões.

* Após 21 anos, a Câmara transfere suas atividades para uma sede provisória.

* Este ano a Câmara jaraguaense completou 85 anos

* Adequação à LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados

* 1 milhão da Câmara repassado em março para a Prefeitura.

* R$ 28,7 milhões foram autorizados pela Câmara para ações da prefeitura contra a
pandemia da Covid-19.

* Em novembro o Programa Vereador Mirim completou 10 anos com recorde de 21 escolas participaram do processo seletivo para 2022

Trabalhos legislativos: 84 sessões realizadas; 487 projetos de lei ordinária,
24 projetos de lei complementar, 110 emendas parlamentares, 3 projetos de emenda à lei orgânica, 1606 indicações, 78 moções e 6 audiências públicas.