Cada vez mais a integração dos espaços está presente nos projetos contemporâneos, pois aproxima as pessoas, seja no convívio familiar do dia a dia ou na recepção de amigos e convidados. O ambiente integrado aberto: cozinha, sala de estar e jantar, e até mesmo uma ampla varanda ou área de festas, faz com que a cozinha se torne uma peça fundamental para essa convivência.

A grande vantagem quando há a integração dos espaços é não duplicar as funções, por exemplo na área de festas as pessoas gostam de colocar geladeira, fogão e pia, e na cozinha você já tem tudo isso.

Atualmente, as pessoas estão procurando locais menores para viver e as habitações tradicionais, onde há a separação das atividades por paredes, tornam os ambientes muito apertados, então a solução é unir essas atividades no mesmo espaço.

A cozinha, considerada um espaço nobre hoje é denominada como “Espaço Gourmet”, onde as pessoas interagem entre si, e ao mesmo tempo realizam eventos gastronômicos, como almoços, churrascos, degustação de vinhos e queijos entre outros.

Esse espaço pode ser formal ou descontraído, com uma bancada de apoio em granito, ou em porcelanato, chamada de “Ilha”, podendo ter banquetas ou cadeiras confortáveis. É atual a utilização de iluminação com pendentes sob a ilha, e também decorar este espaço com itens culinários, como temperos, quadros, garrafas ou latas decorativas, e quadros.

A ideia é criar um ambiente prático, funcional e divertido, para que todos fiquem confortáveis, estimulando o convívio entre as pessoas, já que a culinária vem ganhando cada vez mais visibilidade devido às grandes mudanças comportamentais, e não é mais somente praticada pelas mulheres como antigamente.