Essa tradicional residência recebe muito sol em sua fachada principal, uma solução para trazer conforto térmico para essa construção é a utilização do brise de madeira, além de ser usado como elemento de proteção solar e ele também traz uma forte identidade à casa.

Utilizado em conjunto com a vegetação, preserva a intimidade dos moradores e ao mesmo tempo proporciona conforto térmico.

Além da função estética, a estrutura se encarrega de zelar pela luz e pela privacidade da residência.

 O termo “brise” veio do francês brise-soleil, que significa “quebra-sol”, ele pode ser fabricado em placas verticais ou horizontais, com o objetivo de controlar a entrada dos raios solares na edificação, reduzindo o calor e distribuindo a luz natural no ambiente.

Os brises podem ser fabricados em alumínio, ferro, concreto, madeira, entre outros materiais, e devem ser projetados de acordo com a orientação solar e levado em conta o efeito da sua aparência sob a edificação, além da eficiência, durabilidade e custo. O posicionamento de suas placas é definido de acordo com o ângulo dos raios solares e pela luz que deseja bloquear.

Veja alguns formatos de brises que podem ser instalados:

Vários Formatos de brise com o mesmo efeito solar

 

Tipos de Brises

Os brises podem ser fixos e móveis. Os fixos devem ser projetados de acordo com a posição solar, uma fachada norte que recebe sol a maior parte do tempo, deve ter um brise horizontal porque receberá sol durante todo o dia.

Na fachada leste, que recebe o sol da manhã e a oeste, que recebe o sol da tarde, recomenda-se usar os brises verticais. Em fachadas sul, com menor incidência solar não é recomendado usar brises.

Os brises móveis são os mais eficientes porque suas placas podem ser movimentadas, ele tem um sistema muito semelhante ao de uma janela, com corrediças, e sua posição pode ser ajustada de acordo com o local de maior incidência solar.

Esse tipo é recomendado para fachadas envidraçadas, onde seu ajuste é permitido de acordo com a posição solar, protegendo os ambientes da incidência solar direta.

-

  • Jeanita Bonato - CAU/SC A135996-7 - Arquiteta e Urbanista
  • Mariana Silva - CAU/SC 199214-7 - Arquiteta e Urbanista

Onde encontrar: rua Pres. Juscelino, 45, Ed. Ana Isabel, sala 02, Centro de Jaraguá do Sul (47) 3370-0070 | 9 9942-6030 | Facebook | Instagram