Por que adiar tanto? Não consigo entender o deixar para depois o cuidado com a saúde e a enxurrada de desculpas que as pessoas inventam.

Como esta opção pode ficar inerte na vida de alguém, sabendo que é com saúde que tudo se realiza?

A sua saúde é algo que fica guardado numa caixinha no fundo do armário?

Porque sempre deixamos para amanhã olhar para nós mesmos?

É impressionante como as pessoas são movidas por opiniões externas, sem olhar para a sua real necessidade. Sai uma entrevista na televisão dizendo que comer tomate faz mal à saúde, no dia seguinte os tomates apodrecem nas prateleiras, mas assim que dizem que o tomate previne o câncer, superfatura o seu valor e quem o encontra na feira deve ser considerado de sorte.

As pessoas são movidas a modismos e a reportagens com pouco fundamento. As descobertas acontecem diariamente, mas não podemos cair no conto do milagre e acreditar que com um toque de mágica tudo se resolve, com a pílula da longevidade. Mas quando a saúde começa a faltar e dizer que está fazendo as malas e indo embora, o desespero transcende.

Gasta-se o que tem e o que não tem, afinal é importante, e para traze-la de volta não tem preço. Por que antes de permitir que ela te abandone, você não investe diariamente, semanalmente ou mensalmente com rotina para a manter viva e presente na sua vida?

Opte pela prevenção que é mais leve, menos doloroso e menos desgastante. Somos diferentes e com necessidades diferentes, precisamos olhar para nós, entender o que nos faz bem, independente do investimento. Investimos tanto em coisas fúteis, perdemos tanto tempo na busca de algo que não encontramos.

Fico alarmada com a facilidade que se troca a saúde por outros bens que compramos em qualquer esquina, como se fosse uma moeda de troca. Este mês não farei atividade física porque tenho outros compromissos. Como assim? Seu cuidado com você mesmo pode ser colocado na agenda como meta para o mês seguinte? E se até lá você conseguiu se manter bem, pode adiar mais alguns meses?

Este mês não vou me exercitar porque não tenho tempo. A falta de tempo é falta de prioridade, porque quando se quer, o tempo se arruma. As pessoas estão cada vez mais impacientes, mais estressadas, vivem na repetitividade diária, na inercia criando teia de aranha e não pisam no freio por um instante para se movimentar, se cuidar.

Sabe qual é a pílula da longevidade? Viver bem, com saúde, bem nutrido, realizando atividade física periódica, liberando o estresse da vida louca com lazer e outras alternativas que te fazem bem, que te deixa feliz.

Esta pílula tem efeito lento e gradativo e não tem prazo de validade. Deve ser usada fora dos escritórios, longe do sofá, sem estar em frente à televisão e com um celular na mão. Não se esqueça, que é uma via que vai e volta. Tudo o que você faz e exige da sua saúde, tem retorno, e este retorno pode até demorar um pouco para voltar, mas a cobrança é com juros de cartão de crédito e as vezes a dívida fica difícil de ser negociada.