As ondas de choque são ondas acústicas de baixa, média ou alta energia que se propagam pelo tecido muscular até a região da dor. Elas são indicadas para inflamações crônicas dos tendões, calcificação no ponto de inserção dos músculos ou tendões e no retardo da consolidação óssea.

Este procedimento só pode ser realizado por médicos com formação e capacitação aprovado pela Sociedade Brasileira de Tratamento por Ondas de Choque. Isto porque demanda treinamento e cursos específicos em ondas de choque (acesse o site: www.sbtoc.org.br).

Um dos membros desta sociedade em Jaraguá do Sul é o Dr. Marcos F. F. Subtil, e o profissional explicou como ele funciona e quais suas aplicações.

O tratamento

É o médico quem recomenda o número de sessões. Dr. Marcos explica que para patologias crônicas elas ficam entre três e cinco e o tempo das sessões varia, mas a média é de 15 minutos. E por ser um tratamento não invasivo, ele tem efeitos colaterais mínimos.

“No início do tratamento pode sentir um desconforto que some após alguns minutos. Trinta dias após a primeira aplicação 80% dos pacientes sente pouca ou nenhuma dor”, completa o médico.

Aplicações

  • Tendinite calcárea do ombro;
  • Epicondilite (cotovelo de tenista ou golfista);
  • Fascite plantar (com ou sem esporão);
  • Tendinite aquileana;
  • Tendinite patelar;
  • Bursite trocantérica;
  • Pseudo-artrose;
  • Retardo de consolidação de fraturas;
  • Síndrome miofascial de fraturas – pontos de gatilho;
  • Síndrome medial da Tíbia;
  • Lombalgia.

Mecanismos de ação

  • Efeito analgésico;
  • Alterações estruturais no tecido com aumento da atividade metabólica;
  • Estimulação do processo regenerativo do tecido;
  • Estimulação da formação óssea.

Dr. Marcos F. F. Subtil
Membro Titular da Sociedade Médica Brasileira de Terapia por Ondas de Choque
CRM: 4408 – RQE: 6935.

Acupuntura: diversidade de técnicas e benefícios

A Acupuntura é uma técnica milenar da Medicina Chinesa, utilizada para prevenção, alívio e cura de doenças já instaladas. Na medicina chinesa, as doenças são chamadas de “desequilíbrios” e podem ser tratadas utilizando diferentes técnicas.

Entre as principais estão: Acupuntura sistêmica e auricular, Moxabustão e Ventosaterapia. Tratando desde “desequilíbrios” como: ansiedade, depressão, dor ao longo do corpo (fibromialgia), obesidade, infertilidade, TPM, enxaqueca, dor lombar, Ciática, insônia, irritação, estresse, e outras.

Foto Divulgação

A técnica de tratamento a ser utilizada é definida pelo profissional escolhido. É muito importante que ele seja habilitado, pois isso irá otimizar os resultados e trazer maior qualidade ao tratamento.

Em busca de efeitos analgésicos, a acupuntura é cada vez mais reconhecida como terapia eficaz em muitas condições clínicas. Especialmente para o alívio de dores musculoesqueléticas. Ela reduz a frequência e a intensidade de dor e facilita a reabilitação.

O mecanismos de ação da acupuntura eram desconhecidos até certo tempo atrás, mas hoje a eficácia da técnica já tem comprovação cientifica. 

Ela age através da ação de neurotransmissores e estimula a produção de endorfina, gerando sensação de alívio e bem-estar, promovendo saúde aos pacientes que optam por ela.

Julia Subtil Sequinel
Acupunturista

-

Clínica São Camilo - Rua João Picolli, 348 , Centro de Jaraguá do Sul. | Telefones: (47) 3055-188 / 3055-0288 / 3017-6065.

Foto Divulgação