Werner Ricardo Voigt, fundador da WEG, é sepultado em Jaraguá do Sul

Werner Ricardo Voigt, fundador da WEG, é sepultado em Jaraguá do Sul Werner Ricardo Voigt, fundador da WEG, é sepultado em Jaraguá do Sul

Segurança

Por: OCP News Jaraguá do Sul

quinta-feira, 11:23 - 02/06/2016

OCP News Jaraguá do Sul
Empresário da WEG foi sepultado no cemitério central de Jaraguá do Sul (Foto: Fábio Junkes/Aconteceu em Jaraguá) O empresário Werner Ricardo Voigt, um dos fundadores da empresa WEG, foi sepultado em Jaraguá do Sul, na manhã desta quinta-feira, 02 de junho. Ele foi enterrado às 11h no Cemitério Central da cidade e morreu de causas naturais no início da tarde de ontem (1º), aos 85 anos. O velório do empresário começou às 18h30 de ontem na Associação Recreativa WEG (Arweg). Familiares, amigos e autoridades estiveram presentes na cerimônia. "Como empreendedor e cidadão o senhor Werner Voigt prestou inestimáveis serviços não só ao município de Jaraguá do Sul como ao Estado de Santa Catarina e ao próprio Brasil", afirmou o prefeito de Jaraguá do Sul, Dieter Janssen. A Prefeitura de Jaraguá do Sul decretou luto oficial de três dias. Empresário Nascido no dia 8 de setembro de 1930, descendente de imigrantes alemães vindos da região de Düsseldorf, Werner Ricardo Voigt sempre teve a eletricidade como uma paixão contínua na cabeça. Em 1961, juntamente com Eggon João da Silva e Geraldo Werninghaus, fundou a WEG, que na época produzia apenas motores elétricos.
Werner sempre foi um homem de tecnologia. Grande responsável pelo desenvolvimento tecnológico da WEG, ele também contribuiu com o desenvolvimento da indústria brasileira. Sua visão de longo prazo, aliada à capacidade técnica foram decisivas na implantação de normas técnicas na WEG e no país. Da mesma forma, sua influência foi importante para a empresa adotar o padrão IEC (International Electrotechnical Commission), baseado no sistema métrico decimal. Werner atuou como Diretor Técnico da WEG até 1980. Depois, durante oito anos foi Diretor Superintendente da WEG Máquinas, unidade que produzia geradores e motores de alta tensão. Fez parte do Conselho de Administração da WEG de 1989 a 2005, bem como da WPA, holding de controle do Grupo WEG. Até os últimos dias de vida Werner foi um frequentador assíduo das fábricas da WEG. Conviveu com engenheiros recém formados ou já experientes com o mesmo prazer de sempre. Perguntando, olhando, ouvindo, descobrindo e conversando, Werner dividiu toda sua experiência de forma efetiva na produção e na solução de problemas.
 
×